Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Exame Nacional do Ensino Médio não será adiado

Exame Nacional do Ensino Médio não será adiado

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira -Inep, Alexandre Lopes, afirmou, na noite desta terça-feira (5), que a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem ocorrerá nas datas previstas.

Tendo em vista o aumento de casos de contaminados pelo covid-19 e as desigualdades impostas pela pandemia, entidades estudantis e estudantes que prestarão o exame foram às redes pressionar o Inep e o Ministério da Educação – MEC cobrando o adiamento da aplicação.

Alexandre Lopes, porém, informou que o Inep se preparou para a aplicação do exame impresso, que ainda ocorrerá em 17 e 24 de janeiro de 2021. “O Inep tomou todas as medidas necessárias para garantir a aplicação do Enem com tranquilidade e segurança”, pontua.

O presidente informou ainda que haverá o afastamento de carteiras nas salas em que as provas serão aplicadas, também será feita uma higienização completa nas escolas, antes e depois da prova. Ele ainda ressaltou que é obrigatório o uso de máscara durante a realização do exame.

Estudantes estão com dificuldades para acessar o cartão de confirmação

Mais de 1,7 milhão de inscritos na versão impressa do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2020 acessaram o Cartão de Confirmação de Inscrição até as 19h desta terça-feira (5), primeiro dia que o documento foi disponibilizado. Apesar disso, muitos candidatos reclamam nas redes sociais de problemas para acessar o documento.

Além de não conseguirem checar o local onde farão a prova, muitos não conseguem redefinir a senha de login para ter acesso ao sistema. Até o momento da publicação desta nota, o Eu, Estudante não obteve nenhuma resposta do Ministério da Educação -MEC ou do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep a respeito das instabilidades do sistema.

Informação – Correio braziliense

OUTRAS NOTÍCIAS