Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Ex-repórter da Record fatura alto no OnlyFans: “Machadão veio pra ficar”

Ex-repórter da Record fatura alto no OnlyFans: “Machadão veio pra ficar”

Era para ser mais uma brincadeira com seus seguidores, mas Rafael Machado tem levado a sério sua entrada no OnlyFans, rede social dedicada a conteúdos pornográficos e eróticos. O ex-repórter da Record percebeu que aguça a mente de muitas pessoas e hoje tem faturado alto na rede social com uma base sólida de assinantes, responsável por ajudá-lo a pagar suas contas e a se sustentar durante a pandemia. A zoeira virou trabalho sério. “O Machadão veio pra ficar”, disse.

A coluna conversou com o jornalista, que por dez anos atuou na emissora de Edir Macedo. Durante uma boa parte de sua passagem por lá, foi o repórter dos programas de Gugu Liberato (1959-2019). E por se tratar de um ex-funcionário da Record, é difícil imaginá-lo migrando para uma rede social tão safadinha como essa.

“Eu parei pra pensar e ver: o que está engajando na web? É brincar com a sensualidade. As pessoas querem ver a exposição. Como a minha linha de trabalho na internet sempre foi a comédia e humor, falei: ‘Vou criar no OnlyFans e criar o ‘Machadão’. Mas era para a minha bolha. De repente saiu da minha bolha e foi parar nos sites, muitas vezes com manchetes tendenciosas”, explicou.

Para entrar na plataforma, ele criou o personagem Machadão, fazendo um trocadilho com seu sobrenome. E nas imagens que publica não há nada de explícito. É a zoeira pura e simples, com o jornalista fazendo poses sensuais, todas sensuradas por tarjas, efeitos de edição e até mesmo com peças mais provocantes, como um roupão de banho.

Mesmo com a veia cômica, ele conseguiu acumular pouco mais de 200 assinantes em sua página no OnlyFans. Como a assinatura é de US$ 7,99 por mês, fazendo uma rápida conta com a cotação de hoje do dólar, dá para afirmar que ele faturou em torno de R$ 9 mil.

Esse valor pode ser ainda maior, tendo em vista que há assinantes que fizeram o plano anual na plataforma e investiram de uma só vez a quantia de US$ 67, o que corresponde a R$ 369.

“Quem me conhece e acompanha o meu trabalho vai ter o mesmo Rafael que aparece nas minhas redes. A ideia é expor mais ainda quem eu sou de verdade para essas pessoas que estão assinando. Como em todas as redes que eu estou, encaro como um trabalho de criação de um conteúdo. Sendo uma brincadeira ou não, o conteúdo existe. Tem o cofrinho? Estou peladão? Tudo isso as pessoas só descobrem quando assinam”, comentou.

No início do ano, Rafael já tinha trollado boa parte da imprensa ao começar a postar conteúdos de uma harmonização facial que ele não realizou. Com recursos de aplicativos, passou a publicar fotos e vídeos com o rosto completamente desfigurado, chamando até a atenção de uma emissora norte-americana, que retratou o procedimento do jornalista como algo real. Para ele, a piada não tem limite.

“Não deixa de ser um grande experimento social. Assim como harmonização facial, muita gente acreditou. Li comentários pesados, que me agrediam. Imagina se eu tivesse feito de verdade, eu teria ficado mal. As pessoas não medem as palvras. Estão perdendo o ponto do respeito e da educação”, avaliou.

No OnlyFans, a história é outra. Embora diga que tenha assinantes que pagam somente para xingá-lo na plataforma, Machado passou a receber diversos pedidos inusitados, com nudez real. “Queriam que eu gravasse um vídeo de cueca branca, segurando o machado, enquanto tomava banho de mangueira”, lembrou ele, aos risos.

Confira algumas imagens publicadas por Rafael Machado em seu perfil no Instagram, que servem como uma prévia do conteúdo que ele publica no OnlyFans:

 

 

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS