Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Ex-prefeito José Ronaldo pretende concorrer às eleições de 2022

Ex-prefeito José Ronaldo pretende concorrer às eleições de 2022

O ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho (DEM), participou neste domingo, (30) do Programa Caldeirão em Ação ao comando do vereador e radialista Paulão do Caldeirão.

José Ronaldo falou sobre a sua carreira política e a possibilidade de concorrer a um cargo no governo estadual, o ex-prefeito enfatizou que não há nada definido, mas que pretende concorrer às eleições de 2022.

“Não se pode fazer nada com precipitação, ainda mais na política é preciso ter calma, paciência e dissernimento para que possa participar dentro de um processo, então estamos articulando. E agora em 2022 é uma eleição ampla, só temos uma vaga para o senado e estamos conversando, para fazer algo bem feito e no momento certo, sem agonia como em 2018, cada eleição é uma história, 2018 foi uma história , 2022 é outra história”, afirmou.

Em relação ao melhor nome para a candidatura do governo, José Ronaldo afirma que quem estiver melhor no processo político será o candidato a governador.

“2022 é uma candidatura pensada, analisada e planejada para fazer o melhor para Feira de Santana e para Bahia. Temos que fazer uma boa base, um bom caminho, não se pode precipitar. Ainda mais nesse período de pandemia, temos que ter cuidado, não podemos promover aglomerações, a parte política vamos fazendo sem aglomerar e com muito zelo, hoje é o momento de conversar e a partir de janeiro é o momento de tomar as atitudes”, explicou.

O ex-prefeito avaliou as pesquisas realizadas pelos sites para as eleições do ano de 2022 e disse que pretende se manter junto à sua chapa, para que esses números permaneçam altos.

Questionado sobre a falta de diálogo por parte do atual prefeito Colbert Martins, junto aos membros da Câmara Municipal de Feira de Santana, o ex-prefeito afirmou que preza pelo diálogo.

“O diálogo deve sempre ser em prol da sociedade de Feira de Santana, e sempre deve ser dentro do caminho do bem, para que a cidade evolua e eu espero que o diálogo floresça”, concluiu.

OUTRAS NOTÍCIAS