Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Ex-noiva do ex-BBB Lucas Penteado fala de relação abusiva: “Ele é manipulador”

Ex-noiva do ex-BBB Lucas Penteado fala de relação abusiva: “Ele é manipulador”

Após ser expulsa de casa pela mãe por desistir de processar Lucas Penteado, Julia Franhani foi hospitalizada na semana passada por passar mal. Segundo ela, foi amparada pela prima Kayane Hessel e pelo recepcionista do hotel em que estava. Julia agora mora com a prima. No início de outubro, Julia foi exposta pelo ex-BBB durante uma live no Instagram, onde o então noivo a acusava de traição.

Em entrevista exclusiva ao iG Gente, Julia contou como foram os últimos meses ao lado do ex-BBB e afirmou que sofreu diversos abusos psicológicos e agressões por parte dele. A jovem, de 19 anos, contou que se separou de Lucas, mas reatou pouco depois, o que a impediu de denunciá-lo. Após a live, os dois foram flagrados juntos no aeroporto do Rio.

“Voltamos a conversar, não tínhamos nos encontrado ainda. Ele falava para mim que ia ficar tudo bem, que não precisava de nada daquilo [do processo], que íamos nos ouvir da melhor maneira possível”, conta. Segundo ela, logo os abusos recomeçaram. “Agora estou vendo que ele estava mais me usando para não ocorrer o processo”, diz.

Julia iria processar o ex-noivo por calúnia, difamação, exposição de imagem e apropriação indébita de pertences. “Muitos pertences meus ele não devolveu. Depois que eu voltei a falar com ele, Lucas disse que minhas coisas não estavam mais lá em casa, sendo que estavam. Meu celular, que ele me presenteou, era de uso pessoal meu e ele pegou”, revela.

Julia diz que não está com vontade de seguir com as denúncias para manter sua saúde mental e pelo “desgaste que pode gerar”, principalmente por ter que lidar com o ator. “O Lucas ele é uma pessoa bem manipuladora. Ele consegue entrar na mente daqueles que se mostram frágeis. Eu, quando estava no momento de vulnerabilidade, de fragilidade, ele infelizmente conseguiu mais uma vez entrar na minha cabeça”, conta.

Relação abusiva

Julia conta que sofreu uma relação abusiva por parte de Lucas e que o tempo mostrou que ele “usava máscara”. “Eu não tive mais vida social depois que comecei a me relacionar com o Lucas.  Ele falava que na família dele tinham regras e que tinham padrões a serem seguidos. Ele é uma pessoa machista, não é nada do que ele diz e do que mostra ser na televisão”, diz.

Ela mostrou partes da conversa que teve com Lucas antes de ter uma crise de pânico que gerou a tentativa de suicídio. Nos prints e áudios, ela discute com o ex-BBB e chora devido às mensagens dele com supostas brincadeiras. Ela o bloqueou no WhatsApp.

Julia conta que entrou em contato com outras ex-namoradas do ex-BBB e afirma que elas passaram pelo mesmo problema. “Ele surtava, fazia o mesmo com elas e usava drogas. Antigamente ele tinha esse problema e eu peguei um pedaço dessa fase dele, no tempo em que estávamos juntos. Não sei se ele usa ainda, mas quando usava, ele se transformava em outra pessoa e elas me falaram que sofriam a mesma coisa”, conta.

“Ele acredita naquilo que inventa, ele não gostava de me ver mexer no celular, das roupas que eu uso, dos meus amigos. Ele privava tanto eu, quanto as meninas [outras ex-namoradas]”, diz. Julia também diz que está sendo atacada nas redes sociais por expor a situação e que ela é a maior prejudicada no ocorrido.

“Muitas pessoas falam que eu estava sendo bancada por ele e que minha mãe foi certa de me colocar para fora, mas eu quem está saindo prejudicada nisso sou eu”, diz. “Não quis seguir com o processo para não prejudicar ele e a família dele, sendo que ele já tem outros 2 processos de duas meninas diferentes”, revela.

Julia conta que ela e Lucas já eram próximos antes de começarem a namorar. “Minha mãe é sobrinha do pai dele, conviveu com a família quase a vida toda. Minha mãe segurou o irmão mais novo do Lucas no colo, somos praticamente primos”, diz.

Expulsão de casa

Por reatar com Lucas e decidir pela suspensão do processo, Julia afirma que foi expulsa de casa pela mãe. Ela conta que tinha a vontade de ficar em paz e seguir com as oportunidades de trabalho que apareceram, então conversou com o advogado, que a aconselhou a desistir. Mas a mãe não entendeu a vontade de Julia.

“Quando eu fui falar com a minha mãe, ela não aceitou e disse que ‘para casa eu não vou, a não ser se fosse para pegar o restante das minhas coisas’. No dia que falei com ela, eu estava com meu pai de santo, me cuidando espiritualmente. Ela acabou ‘surtando’, falou coisas lá para ele [o pai de santo] também. Minha mãe falou que eu só ficaria em casa se eu desse andamento no processo”, afirma.

Ela diz que avisou Lucas, que a buscou e a colocou em um hotel. Mas hoje ela está na casa da prima. Julia também conta que a mãe lhe disse que não a colocou para fora de casa, mas se surpreendeu ao vê-la dar entrevista e confirmando que expulsou a filha.

Kayane, de 18 anos, que abriga Julia no momento, também falou sobre o que Julia está passando. “O que as pessoas estão fazendo com ela não está certo. Não concordo com a atitude do Lucas, com a atitude da mãe dela. A Julia nesse momento precisa de muita ajuda, muito acompanhamento, muito acolhimento. O que eu puder fazer por ela e que tiver ao meu alcance eu vou fazer e vou brigar por ela”, afirma.

Fontes: IG

OUTRAS NOTÍCIAS