Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Evaristo Costa diz que CNN pediu para que ele mentisse sobre demissão

Evaristo Costa diz que CNN pediu para que ele mentisse sobre demissão

demissão de Evaristo Costa foi recebida com surpresa não apenas por aqueles que o acompanham, mas também por ele mesmo. O jornalista não faz questão nenhuma de esconder a mágoa com a emissora e, além de já ter colocado a boca no trombone por meio de suas redes sociais, o apresentador concedeu uma entrevista e revelou detalhes do episódio.“Eles foram extremamente deselegantes e despreparados. Fui surpreendido por quem não esperava, considero uma sabotagem”.

O ex-apresentador do “Jornal Hoje” contou que pediram para ele mentir com relação ao real motivo de sua saída, mas ele não aceitou: “Durante as tentativas de negociação, eles insistiram várias vezes para que eu anunciasse de forma conjunta à imprensa que foi um distrato de comum acordo e, claro, não aceitei a mentira. Chegaram até a me enviar o texto que queriam divulgar”.

Evaristo não poupou palavras para descrever sua revolta com a forma que foi dispensado: “Faltavam 15 meses [de contrato] ainda quando fui surpreendido. Não foi em comum acordo. A ação da CNN foi totalmente despreparada. Na hora de me contratar, aceitaram todas as minhas exigências com carpete vermelho. Na hora de me dispensar, me chutaram pela porta dos fundos, sem qualquer consideração”, finalizou.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS