‘Eu travei’, diz funcionário de DJ Ivis que presenciou agressões contra Pamella e não interferiu

download

Charles Barbosa de Oliveira, funcionário de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, prestou depoimento nesta quarta-feira (14) sobre as agressões praticadas pelo músico contra a ex-mulher dele, Pamella Holanda (veja as imagens aqui). É Charles quem aparece em alguns trechos dos vídeos divulgados por Pamella. As imagens mostram que, mesmo presenciando as agressões, Charles não interferiu.

 “Eu fiquei simplesmente abismado com a situação que estava passando. Eu travei, eu fiquei parado sem acreditar no que estava vendo. Eu fiquei sem saber o que fazer”, disse Charles.

Na saída da delegacia, em conversa com jornalistas, Charles afirmou que é o “braço direito” do cantor. E, segundo o próprio músico, o funcionário foi levado da Paraíba para Fortaleza para ajudar depois que Ivis e Pamella começaram a ter problemas no relacionamento.

Uma mulher também aparece nas imagens enquanto Ivis bate em Pamella. Segundo Pamella, essa mulher é a sua mãe e ela não interferiu por medo.

Charles afirmou que não sabe o que motivou a briga vista nos vídeos. “Eu não sei informar porque eu não estava […] Assim, o apartamento são três quartos. Eu estava dentro do estúdio, que eu sempre estava no estúdio. Inclusive eu estava dormindo quando começou aquela confusão. Eu simplesmente acordei e quando eu cheguei, não acreditei no que estava acontecendo”, disse ele.

 

OUTRAS NOTÍCIAS