Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Estudantes da rede estadual lançam coletânea literária com produções textuais

Estudantes da rede estadual lançam coletânea literária com produções textuais
Os estudantes do Colégio Estadual de Trancoso, localizado no distrito de Trancoso, em Porto Seguro, lançam, neste sábado (4), às 14h, na Casa das Flores, a coletânea literária “Um tempo sem fim…Ilações”. O evento, intitulado “Chá literário”, contará com apresentação musical, além de leituras de textos como crônicas, contos, memórias e poemas produzidos pelos estudantes contidos na coletânea.
Segundo a professora de Língua Portuguesa recém-aposentada e idealizadora do trabalho, Gislene Camargo, a produção da coletânea iniciada em 2020 foi suspensa devido à pandemia do novo Coronavírus e retomada este ano. “Ela traz as reflexões, sonhos e desabafos de nosso alunado em textos produzidos durante as atividades pedagógicas no momento em que foi exigido de todos força e coragem para, entre perdas, solidão, medo da morte, necessidade de sobreviver e aprender, fazer da vida um recomeço esperançoso com uma pitada de criatividade e poesia. Esse foi mais um presente que favoreceu a interação e a colaboração entre as pessoas, aprendendo juntos a vencer os desafios dessa caminhada de aprendizagens e conquistas”, disse a educadora.
A estudante Calyandra Moreira, 19, 3º ano, falou de que forma o projeto impactou no seu aprendizado. “Eu me sinto lisonjeada por ter tido a oportunidade de participar da coletânea, pois é um projeto maravilhoso que tem como propósito apresentar Trancoso através de um olhar poético.  Foi uma experiência incrível, que me proporcionou muito aprendizado, principalmente sobre a importância de me arriscar em novas jornadas”.
Quem também participou da coletânea foi a estudante Gabrielle Almeida, 17, 3º ano. “Ter participado da criação do livro foi uma experiência memorável. Levo recordações dos sentimentos que tive na confecção de cada texto e espero que as pessoas possam aproveitar a leitura e que se sintam inspiradas para insistir em seus dons, confiantes no aprimoramento de suas habilidades”, comentou.
Informações: SEC

OUTRAS NOTÍCIAS