Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

‘Estou aliviada com a morte de Lázaro. Não vai destruir mais nenhuma família’, diz paixão platônica do criminoso

‘Estou aliviada com a morte de Lázaro. Não vai destruir mais nenhuma família’, diz paixão platônica do criminoso

Apontada como paixão platônica do serial killer baiano Lázaro Barbosa, Adriana contou ao Balanço Geral nesta segunda-feira (28) que se sente aliviada após a confirmação da morte do criminoso. Ela temia que ele voltasse à Barra do Mendes, onde nasceu e morou parte da vida, tentando fugir da polícia de Goiás.

“Me sinto aliviada com a morte dele porque ele não vai destruir mais nenhuma família. Aqui foram duas famílias destruídas em nossa comunidade e fora de Melancia foram mais famílias. Agora estou me sentindo tranquila porque não tinha mais paz, dormia direito com medo de dele vir pra Bahia e cometer mais crimes bárbaros. Estava revivendo o que vivi no passado”, disse Adriana.

Ela garantiu que nunca foi namorada de Lázaro, apenas vivia na mesma comunidade que ele, no povoado de Melancia. Apesar de moradores da região afirmarem que o criminoso era apaixonado por ela, Adriana afirmou que o maníaco nunca demonstrou tal sentimento.

“Vivia sozinha com meu filho e um dia, de domingo pra segunda, ele tentou invadir minha casa e acabou matando uma pessoa que me socorreu. Fui salva por Deus e por Carlito naquele momento de angústia. Nunca tive relacionamento nenhum com esse homem. Acredito que, por morar só com meu filho, fui alvo dele, que queria fazer algo ruim com a gente. Ele foi atrás de mim na casa de Carlito e, ao não me encontrar, matou Carlito”, acrescentou.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS