Está garantida permanência da estatal na Bahia, afirma Presidente da Petrobras

presidente-da-petrobras-anuncia-mudanca-nos-parametros-do-preco-do-petroleo_widelg_widelg

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, utilizou suas redes sociais para garantir a estatal vai seguir com as suas atividades na Bahia. Na publicação ele revelou que esteve com representante de funcionários e aposentados da companhia em Salvador e recebeu as demandas dos funcionários do Polo da Bahia.

“A Petrobras fica na Bahia! Estive reunido neste domingo (12) com representantes da Força de Trabalho, entidades dos trabalhadores e trabalhadoras e aposentados e aposentadas no Centro de Empregados da Petrobras, em Salvador”, escreveu Prates em seu perfil no Twitter.

“Recebi as demandas dos nossos companheiros do Polo da Bahia, onde o Brasil teve suas primeiras explorações com o nascimento da indústria petrolífera, em 1941, a partir do poço de Candeias, e firmamos nosso compromisso em defender e fortalecer a Petrobras no estado”, acrescentou.

Desde o início da gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), alguns campos da Petrobras foram vendidos. Uma das negociações envolveu o arrendamento das fábricas de fertilizantes nitrogenados da Bahia (Fafen-BA) e de Sergipe (Fafen-SE).  O acordo previa ainda o subarrendamento dos terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu, instalado no município de Candeias.

Já em novembro de 2021, a Petrobras anunciou a venda da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em São Francisco do Conde, para o grupo Mubadala Capital.

No processo, a companhia solicitou que fosse desocupada a área onde está instalado o Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE), localizado no bairro de Stella Maris, em Salvador. No entanto, uma liminar da Luciana Carinhanha Setubal, garantiu permanência do CEPE no local.

BNEWS

 

 

OUTRAS NOTÍCIAS