Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Escolha de atriz negra para papel em ‘A Pequena Sereia’ divide opinião na internet

Escolha de atriz negra para papel em ‘A Pequena Sereia’ divide opinião na internet

Depois de muita expectativa, a jovem Halle Bailey, 19, foi anunciada para o papel de Ariel na versão live-action do desenho da Disney, “A Pequena Sereia”. A escolha, contudo, não foi unanimidade entre os fãs nas redes sociais. Enquanto muito se sentiram representado com uma atriz negra para a personagem, outros questionaram a falta de semelhança entre Halle e a sereia do desenho infantil – branca e ruiva.

“Péssima escolha, a Ariel é branca e ruiva gente, não tenho nada pela cor negra, pelo contrário acho lindo mas descaracterizou totalmente a personagem”, comentou um internauta na publicação de uma página sobre filmes e séries.

“Sério isso? Cara, me diz um motivo para escolha dela? Lacração? Representatividade? Linda, muito linda, mas não tem nada a ver com a Ariel, qual o problema de escolher uma atriz ruiva? Me diz? Infelizmente as live-actions da Disney estão ficando podres, daqui a pouco a Tiana é branca e a Branca de Neve é negra”, criticou outro.

Mas houve também quem apoiasse a “quebra de tabus” da Disney e a importância para a representatividade dos jovens negros:”A Disney levou 55 anos para apresentar a primeira princesa não branca, a Jasmine. Décadas depois, gostamos de pensar que, se ‘A Pequena Sereia’ fosse lançado hoje, a Ariel poderia ser negra sem nenhum problema.Que escolha importante a Disney fez hoje. Seja bem vinda, Halle”, celebrou uma fã.

“Sabe o que o fato da Ariel ser negra vai mudar na história da Pequena Sereia? Nada. Sabe o que vai significar para milhões de crianças negras?Elas FINALMENTE vão se ver representadas como princesas nas telonas. Ariel negra é só amor”, diz outro post no Twitter.

Halle Bailey atuou ainda criança no filme “As Férias da Minha Vida” (2006) e recentemente, desde 2018, protagoniza a série “Grown-ish”, sucesso teen da Netflix. Mas foi com a voz que a garota ficou famosa, graças à dupla formada com a irmã Chloe, ainda em 2011. As duas viralizaram com covers de canções de artistas ilustres, como Beyoncé, que anos depois convidou as duas para abrir um dos seus shows.

Segundo o site Adoro Cinema, ela superou diversas candidatas ao longo de meses sendo submetida a testes, e superou a atriz Zendaya, que já atuou em outras produções da Disney e está em “Homem-Aranha: Longe de Casa”, que estreia nesta quinta-feira (4) nos cinemas.

Ainda sem confirmação, segundo informações da Folha de S. Paulo, há rumores de que a atriz Melissa McCarthy será a vilã Úrsula no filme, e Jacob Tremblay, o peixe Linguado. A previsão é de que o longa estreie em 2020.

A jovem atriz comemorou a confirmação do papel em um post no Instagram, com um desenho que mostra uma versão da Ariel negra. “Sonhos se tornam realidade”, escreveu Halle.

Informações: Bahia.ba/Caldeirão do Paulão

OUTRAS NOTÍCIAS