Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Escola raspa cabelo de menina sem autorização e mãe processa

Escola raspa cabelo de menina sem autorização e mãe processa

meninade7anostemcabeloraspadopelaescola-c528ae935bcfb4621720cc3a336b1a60-1200x600

Uma escola foi processada após raspar o cabelo de uma aluna sem autorização de seus responsáveis. Denise Robinson, mãe da menina, abriu um processo contra a instituição, alegando preconceito e que isso teria acontecido porque a menina tem cabelo crespo.

O caso ocorreu em uma escola em Massachusettes, nos EUA.  Em entrevista ao “The Sun”, ela afirma a ingratidão pela escola. “Eu não vou deixar de me sentir chateada, porque acredito que minha filha foi violada”, disse a mãe.

A escola se chama Little Heroes Group Home e, em algumas noites, a menina dorme na entidade. E foi em uma dessas ocasiões que o corte de cabelo não autorizado teria acontecido.

Em um comunicado, o colégio justificou a atitude alegando razões de higiene. “O programa emprega uma equipe diversificada que está atenta às necessidades de todas as crianças. As decisões relativas à aparência são baseadas em diversos fatores, incluindo a higiene”.

A mãe, no entanto, disse que não havia razões higiênicas, pois a filha não tinha piolhos. Ainda de acordo com Denise, quando a menina voltou para casa, ela disse que rasparam sua cabeça para seus cabelos crescerem lisos.

Foto | Facebook

OUTRAS NOTÍCIAS