Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Equipe da Record TV sofre atentado por motorista desgovernado

Equipe da Record TV sofre atentado por motorista desgovernado

A vida de repórter não é fácil, mas para Juliana Giachini, jornalista da TV Thathi, afiliada da Record em Ribeirão Preto, São Paulo, a frase foi sentida por ela nesta segunda-feira (14). A repórter, junto com o cinegrafista Leandro Marques, sofreram um atentado enquanto estavam gravando uma reportagem.

Um homem estava dirigindo em alta velocidade e jogou o veículo nos profissionais enquanto eles estavam trabalhando. A reportagem estava sendo gravada para falar sobre um caso de violência doméstica na região. Na mesma hora, o carro apareceu e atropelou o cinegrafista, que deixou a câmera cair no chão.

Apesar do susto, os dois passam bem. No entanto, o motorista desgovernado não foi encontrado pela polícia. O atentado está sendo investigado e, até o momento, não há informações sobre se o motorista fez de propósito ou se tem algo relacionado ao tema de violência doméstica.

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) emitiram um comunicado pedindo para a polícia agir em prol da procura do suspeito.

“Recebemos na manhã desta segunda-feira, dia 14, denunciando que uma equipe de reportagem da TV Thati Campinas propôs tentativa de atropelamento enquanto cobria um caso de violência doméstica.
O ataque durante um veículo acelerou a reportagem, contra um veículo acelerou a reportagem, Juliana Giachini e o repórter cinematográfico Leandro Marques, que foi atingido e seguro, felizmente sem gravidade”, disse o início do comunicado.

“A diretoria da regional Campinas do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) manifestam total solidariedade à equipe de profissionais da TV Thati. Os anexos serão desdobrados desse caso e cobraremos que tomadas como providências cabíveis . É fundamental a identificação imediata e a correção do responsável por esse ataque contra os profissionais frequentes de atentados contra a vida de jornalistas durante o exercício da atividade profissional”.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS