Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Em discurso, Fux usa termo ‘patriota’ para mandar recado a bolsonaristas

Em discurso, Fux usa termo ‘patriota’ para mandar recado a bolsonaristas

Em seu discurso, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, mandou dois recados diretos aos apoiadores de Jair Bolsonaro, ao falar em “falsos profetas do patriotismo” e dizer que o “verdadeiro patriota” não fecha os olhos para os problemas reais do país. “Patriota” é o tratamento que bolsonaristas costumam usar entre si.

Outros recados foram para o Congresso Nacional e a Procuradoria-Geral da República. Ao afirmar que o não cumprimento de ordens do Supremo é crime de responsabilidade, o objetivo era indicar que caberá ao Legislativo e ao chefe do Ministério Público agir.

Ministros acreditam que o STF tem feito sua parte para conter os arroubos de Bolsonaro ao autorizar a abertura de investigações, mas que não cabe à corte acioná-lo caso cometa crime.

Nesta quarta-feira (8), Fux reagiu às falas golpistas de Jair Bolsonaro e afirmou que a ameaça do mandatário de descumprir decisões judiciais do ministro Alexandre de Moraes, se confirmada, configura “crime de responsabilidade”.

“Se o desprezo às decisões judiciais ocorre por iniciativa do chefe de qualquer dos Poderes, essa atitude, além de representar atentado à democracia, configura crime de responsabilidade, a ser analisado pelo Congresso Nacional”, afirmou Fux, na abertura da sessão do plenário.

“Ninguém fechará esta corte. Nós a manteremos de pé, com suor e perseverança”, completou o presidente do Supremo.

 

Painel/Folhapress

OUTRAS NOTÍCIAS