Dono de chácara confessa ter matado motorista de aplicativo que desapareceu no bairro Cassange em Salvador

IMAGEM_NOTICIA_9 - 2024-06-14T180621.276

O principal suspeito do desaparecimento do motorista de aplicativo Elionaldo Cardoso da Silva (FOTO  DA VÍTIMA NA CAPA DA REPORTAGEM), de 34 anos, confessou, nesta sexta-feira (14), a autoria do homicídio da vítima, desaparecida desde o último domingo (09). José Carneiro, se apresentou à polícia, mas saiu em liberdade.

Elionaldo foi visto pela última vez em uma chácara que pertencia a José, no bairro de Cassange, em Salvador. O veículo do desaparecido, no entanto, foi encontrado na segunda-feira (10), na localidade da Pedra de Xangô, no bairro de Cajazeiras.

“Ele se dizia ser da família. Meu esposo nunca teve briga nenhum com ele, meu esposo não é nem de briga, é amigo de todo mundo. O mau dele era esse, coração muito bom”, afirmou Maiara Brito Oliveira, 28 anos, esposa de Elionaldo ao Correio da Bahia.

A investigação do caso foi encaminhada à Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), que já colheu depoimento de familiares e possíveis testemunhas. Perícias também foram realizadas no veículo do desaparecido.

Em nota, a Polícia Civil detalhou que “A 1ª DH/Atlântico solicitou uma prisão preventiva ao Poder Judiciário, que foi indeferida, na madrugada desta sexta-feira (14). O suspeito segue investigado em liberdade”.

Foto de capa: vítima Elionaldo

Informações extraídas do site Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS