Dívida de Belo com Denílson motivou nova determinação da Justiça

denilson_widelg

A briga judicial entre Belo e Denílson teve novo desdobramento. Segundo informações do colunista Diego Garcia, do portal Uol, a Justiça mandou bloquear R$ 7 milhões das contas do artista para pagamento da dívida com o ex-jogador, assim como já tinha ocorrido no mês passado.

Agora, em decisão publicada na última terça-feira (19), a 5ª Vara Cível do Foro de São Bernardo determina qeu seja realizado depósito judicial do valor que seria destinado a Belo para um show no mês de agosto. A apresentação será no Pacaembu, juntamente com o cantor Thiaguinho.

Conforme decisão, as empresas responsáveis pelo evento deverão fazer o depósito “até o limite do valor incontroverso do débito”, de exatos R$ 7.004.586,00. A defesa do cantor entrou com recurso por entender que a quantia é irregular e que apenas os valores destinados ao artista deveriam ser sujeitos ao bloqueio.

Procurado pela reportagem, Denílson não quis comentar a decisão da Justiça. Em março, ele chegou a comentar o assunto durante participação no podcast ‘Ticaracaticast’. “Não é normal esse maluco dever e viver vida normal sem me pagar. Resolveu tudo. Ele tem que chegar e falar: ‘Qual é o seu pix?’. O cara é público, vai ali e faz show. E não chega com nada? Isso não é normal, isso é um retrato da sociedade brasileira hoje”, disse o ex-jogador.

A batalha na Justiça entre o cantor e o comentarista esportivo já dura mais de 20 anos. O motivo foi a quebra de contrato de Belo com a banda Soweto, que era administrada pelo ex-jogador. O cantor decidiu sair em carreira solo em 2000 e quatro anos depois foi condenado a pagar uma indenização. Desde então, o caso vem se arrastando e a dívida já supera os R$ 7 milhões.

Fonte: bnews.com.br

OUTRAS NOTÍCIAS