Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Disparos em massa voltam ao WhatsApp mesmo com a proibição do TSE

Disparos em massa voltam ao WhatsApp mesmo com a proibição do TSE

Um disparo em massa no Whatsapp foi registrado na tarde da última sexta-feira (13), mesmo após proibição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Usuários da plataforma no Paraná receberam mensagens de remetentes desconhecidos sobre a campanha para o governo do estado, todas iguais e com foco na pré-candidatura de Cesar Silvestri, do PSDB.

A mensagem distribuída virtualmente, através de dois números do Rio de Janeiro e de São Paulo, afirma que “a campanha nem começou, mas muita coisa vai mudar” e convida os usuários a assistirem a um vídeo de 30 segundos também enviado pelo PSDB às emissoras locais. A peça publicitária mostra o governador Ratinho Júnior (PSD) e Roberto Requião (PT), seu principal opositor, seguidos de Silvestri, que foi deputado estadual e prefeito de Guarapuava (PR). O tucano é retratado como uma terceira via alternativa à dupla.

Depois de ter publicado uma resolução em dezembro de 2019 proibindo a prática, o TSE reforçou o veto no ano passado, ao absolver a chapa Bolsonaro-Mourão de acusações neste sentido.

 

Fonte: bnews.com.br

OUTRAS NOTÍCIAS