Dilma pretende viajar por oito meses para fora do Brasil se impeachment for aprovado

IMAGEM_NOTICIA_5

IMAGEM_NOTICIA_5

A presidente Dilma Rousseff pretende viajar por cerca de oito meses no exterior após a votação do processo de impeachment, segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Uma das opções, caso seja decidido o seu afastamento definitivamente, é passar esse período entre países da América do Sul, como Chile e Uruguai, tanto pela identificação com estes locais, tanto pela proximidade do Brasil.

Amigos da petista afirmam que ela não quer ficar muito tempo longe dos netos, o que seria favorecido caso ela escolhesse esses destinos, próximos a Porto Alegre, onde eles vivem e onde ela terá residência. Ainda de acordo com a coluna, a segunda alternativa é fazer uma viagem pelo interior de países europeus.

OUTRAS NOTÍCIAS