Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Deputado do PSL denuncia ‘perseguição’ de Eduardo Bolsonaro: ‘se algo acontecer, já sabem’

Deputado do PSL denuncia ‘perseguição’ de Eduardo Bolsonaro: ‘se algo acontecer, já sabem’

O deputado federal Julian Lemos  sugeriu nesta segunda-feira (1°) em uma publicação no Twitter que estava sofrendo uma “perseguição” por parte do também parlamentar Eduardo Bolsonaro. Lemos foi próximo ao terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao longo da campanha eleitoral de 2018 que terminou com a vitória do capitão reformado.

O deputado paraibano disse que estava sendo alvo da “Gestapo” de Eduardo, em referência à polícia secreta oficial da Alemanha Nazista.

“Eu sou o alvo da ‘Gestapo de Eduardo Bolsonaro’. Se algo acontecer, já sabem. O alvo deles é eliminar moralmente, politicamente e até a vida dos que não se submetem a toda esta farsa. Eu sei como jogam, eu sei como fazem. E eles sabem que sei, são capazes de tudo.”, escreveu.

A deputada baiana Dayane Pimentel (PSL), outro desafeto declarado da família Bolsonaro, replicou a mensagem do colega.

Em uma outra publicação, Julian comenta a acusação da Procuradoria-Geral da República (PGR) que abriu uma apuração preliminar para analisar o pagamento em espécie feito por Eduardo na aquisição de dois apartamentos na Zona Sul do Rio, entre 2011 e 2016.

“Você lembra quando teve que sair correndo do apartamento do seu pai quando descobriram ? Pois é, tu ainda olhou pra mim e disse…”Eu junto o dinheiro do auxílio para comprar um imóvel”  mas você sabe onde morava, e eu também, você me acusa do que você é, traidor!”, completou.

Informações; BNews

OUTRAS NOTÍCIAS