Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Deputada baiana defende escritor Paulo Coelho chamado de “idiota” e “maconheiro”

Deputada baiana defende escritor Paulo Coelho chamado de “idiota” e “maconheiro”

A deputada federal baiana Alice Portugal (PCdoB) defendeu o escritor brasileiro Paulo Coelho chamado de “idiota” e “maconheiro” pelo secretário nacional de Fomento e Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura do governo federal, André Porciuncula. Antes, o policial baiano foi chamado de “palerma” pelo escritor.

A comunista compartilhou a matéria sobre o caso e escreveu em seu perfil do Twitter: “Essa turma de desqualificados da Secretaria Nacional de Cultura, envergonham o Brasil, gerem com desdém a coisa pública e agora agridem @paulocoelho . Irrelevantes, medíocres e nocivos à cultura nacional. Saiam daí!!!!”, escreveu no domingo (13).

O secretário se referiu a Paulo Coelho, que é membro da Academia Brasileira de Letras, de “maconheiro” e “idiota” em resposta a um comentário feito pelo escritor sobre o cancelamento da viagem internacional do qual Porciuncula faria parte.

A viagem internacional foi suspensa após críticas sobre os gastos da última viagem, R$ 39 mil, à Nova York onde do Ministro da Cultura, Mário Frias, para encontrar o lutador de jiu-jítsu, Renzo Grace.

A primeira publicação de Coelho foi a seguinte:

Seguida por esta manifestação do braço direito de Frias:

Porciúncula passou o resto domingo no Twitter rebatendo declarações críticas as suas manifestações sobre Coelho e reafirmou, a todo tempo, o que havia chamado o escritor.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS