Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Departamento de Educação Ambiental busca identificar réptil encontrado na Fazenda Mergulho

Departamento de Educação Ambiental busca identificar réptil encontrado na Fazenda Mergulho

Há cerca de 20 dias, o Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmam), está tentando identificar a espécie de um réptil, que foi encontrado por morador na comunidade Fazenda Mergulho, no distrito João Durval Carneiro (antigo Ipuaçu). Por ser desconhecido, a preocupação do órgão municipal é que esse animal seja exótico.

“Isso representa perigo para o meio ambiente porque pode provocar desequilíbrio ambiental, uma vez que, não temos informações sobre ele”, afirma o chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias. O animal que já está morto tem cores definidas e mede aproximadamente entre 20 a 25 centímetros.

“Sabemos que é uma espécie de réptil, no entanto, ainda não temos informações se é venenoso, o seu sexo e nem do que se alimenta. Por isso, é necessário identifica-lo para desenvolvermos alguma ação, seja um trabalho de prevenção ou de captura para estudos”, acrescenta João Dias. Outra possibilidade é de se tratar de uma nova espécie que apareceu na região.

O chefe do Departamento de Educação Ambiental ressalta que já manteve contato com moradores da localidade entre outras pessoas ligadas às questões ambientais numa tentativa de obter informações. Em virtude das atividades estarem suspensas na UEFS, por conta das medidas preventivas contra o coronavírus, não foi possível manter contato com a instituição.

OUTRAS NOTÍCIAS