Defesa de Lula recorre ao TRF4 da decisão de Moro que bloqueia os bens do ex-presidente

Defesa de Lula recorre ao TRF4 da decisão de Moro que bloqueia os bens do ex-presidente

lula_GYRY6zt

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ingressou com um mandado de segurança contra o bloqueio de bens no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), determinado pelo juiz Sérgio Moro.

Mais de R$ 600 mil de contas bancárias e cerca de R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada do ex-presidente Lula foram bloqueados

Lula nega as acusações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo da Lava Jato envolvendo um triplex em Guarujá, pelas quais foi condenado a condenado a 9 anos e seis meses de prisão.

O ex-presidente foi acusado de receber o apartamento da construtora OAS como propina por contratos na Petrobras.

De acordo com o juiz federal, o objetivo do bloqueio de bens é garantir “a reparação dos danos decorrentes do crime”. Já os advogados de Lula consideraram a decisão “ilegal e abusiva”.

OUTRAS NOTÍCIAS