Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Decreto proíbe delivery para bares e restaurantes durante o toque de recolher

Decreto proíbe delivery para bares e restaurantes durante o toque de recolher

De acordo com decreto, publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia, Feira de Santana é uma das cidades que participará do toque de recolher, que valerá por sete dias, das 22h às 5h, a partir de sexta-feira (19).

As atividades essenciais, como serviços de saúde e farmácias, serão mantidas, incluindo a entrega de medicamentos por meio de motoboys. No entanto, os serviços de delivery serão proibidos para bares e restaurantes.

Os estabelecimentos comerciais como shoppings, bares, restaurantes e postos de gasolina que vendem bebidas alcoólicas deverão estar fechados e vazios às 22h.

As atividades destes estabelecimentos deverão encerrar até as 21h30, para garantir o deslocamento dos funcionários às suas residências.

As polícias Civil e Militar, além da Guarda Municipal irão fiscalizar o cumprimento do toque de recolher. O governador Rui Costa afirmou que quem desrespeitar o toque de recolher poderá ser preso e responderá por crime contra a saúde pública.

Segundo o governo da Bahia, restaurantes e bares não poderão operar em delivery a partir das 22h. Postos de gasolinas poderão ficar abertos, mas as lojas de conveniência deverão ser fechadas por causa do toque de recolher.

Já quem trabalha de madrugada deverá portar documento que comprove para poder circular na rua. A Polícia Militar e a Guarda Municipal estarão nas ruas fiscalizando o cumprimento do decreto.

OUTRAS NOTÍCIAS