Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Daniel Auster morre de overdose após ser acusado de matar filha

Daniel Auster morre de overdose após ser acusado de matar filha

Daniel Auster, 44 anos, foi encontrado morto nessa quarta-feira (27/4). De acordo com o New York Post, a causa da morte é overdose. Os agentes de Justiça acreditam que Auster não teve a intenção de se matar, uma vez que as drogas encontradas em seu corpo eram de uso constante.

O filho do premiado escritor Paul Auster era investigado pelo falecimento de Ruby, sua filha de 10 meses de idade, encontrada desacordada e inconsciente. A autopsia apontou a presença de fentanil e heroína no corpo da bebê. Não há novas informações de como a criança ingeriu as substâncias.

Por conta da morte de Ruby, em 1º de novembro do ano passado, Daniel foi preso em 15 de abril. O homem também já havia sido fichado por roubar US$ 3 mil de Andrew Melendez. O traficante foi assassinado e teve o seu corpo despejado no rio Hudson, em Nova York.

Pessoas próximas a Daniel Auster afirmaram que ele usava heroína desde a adolescência.

OUTRAS NOTÍCIAS