Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

CPI da Covid cancela cerimônia em homenagem às vítimas da covid; mãe de Paulo Gustavo criticou ideia

CPI da Covid cancela cerimônia em homenagem às vítimas da covid; mãe de Paulo Gustavo criticou ideia

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Pandemia, anunciou no Twitter que a comissão desistiu de promover uma cerimônia em homenagem às vítimas fatais da covid-19. A decisão acontece após repercussão da crítica da mãe do humorista Paulo Gustavo, morto pela doença.

“Para me dedicar mais ao Relatório e evitar narrativas políticas e Fake News, cancelamos a Cerimônia que homenagearia as Vítimas da Covid 19. Os responsáveis pelas mais de 600 mil mortes serão punidos pela justiça dos homens e de Deus”, escreveu Calheiros.

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, no jornal O Globo, Déa Lúcia disse que não participaria do ato. “Não vou participar de jeito nenhum. Essa CPI virou uma CPI política, comandada por Renan Calheiros e Omar Aziz. Você acha que é séria e que vai dar em alguma coisa? Já estão em ano eleitoral. Não vou me prestar a isso”.

Paulo Gustavo morreu em maio deste ano, aos 42 anos. O ator estava internado desde março em tratamento contra a covid-19. Ele deixou o marido e dois filhos pequenos, além do pai, irmã e mãe, que inspiraram a série de filmes “Minha Mãe É Uma Peça”.

Informações: Agência Senado

OUTRAS NOTÍCIAS