Covid: Butantan vai importar insumo para produzir vacina para crianças

vacina-2-1-1-600x400-1

São Paulo – O Instituto Butantan vai importar 8 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativa (IFA) da China com o objetivo de produzir 10 milhões de doses da Coronavac para vacinar crianças de 3 e 4 anos contra a Covid-19.

O governador Rodrigo Garcia determinou nesta quarta-feira (20/7) que a instituição encomende a matéria-prima à farmacêutica Sinovac.

As doses de Coronavac serão usadas para imunizar as crianças dessa faixa-etária nas cidades de São Paulo. Mas Garcia também colocou o imunizante à disposição ao Ministério da Saúde para atender a população de outros estados.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso pediátrico do imunizante Coronavac na semana passada, no último dia 13. O Ministério da Saúde deu aval dois dias depois.

Ampliar a vacinação

A medida pretende ampliar a vacinação contra Covid-19 de crianças com idade entre 3 e 4 anos.

“Tomamos essa decisão hoje, antes mesmo da inclusão no Programa Nacional de Imunizações (PNI), para que a gente tenha vacina suficiente para vacinar as crianças de São Paulo e colocá-las à disposição do Ministério da Saúde para vacinar as crianças do Brasil”, disse Garcia.

O governador explicou ainda que a importação deve demorar algumas semanas. No entanto, existe a expectativa de que as doses do imunizante estejam disponíveis no mês de agosto.

Capital paulista

A cidade de São Paulo começou nesta quarta-feira (20/7) a imunizar contra Covid-19 crianças de 3 e 4 anos. A vacinação iniciou com a aplicação do imunizante em crianças com comorbidades, deficiência permanente e indígenas.

Não estão nesse grupo de vacinação crianças imunossuprimidas. A prefeitura da capital paulista estima imunizar cerca de 15 mil pequenos e pequenas.

OUTRAS NOTÍCIAS