Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

“Covardia”, diz Ministro do Supremo Tribunal sobre agressões a jornalistas em ato pró-Bolsonaro

“Covardia”, diz Ministro do Supremo Tribunal sobre agressões a jornalistas em ato pró-Bolsonaro

O Ministro do Supremo Tribunal Alexandre de Moraes afirmou na tarde deste domingo (3) que as agressões sofridas por profissionais da imprensa que cobriam ato pró-Bolsonaro próximo à rampa do Palácio da Alvorada devem ser repudiadas. Durante o ato, alguns repórteres que estavam no local foram chutados e empurrados por manifestantes.

“As agressões contra jornalistas devem ser repudiadas pela covardia do ato e pelo ferimento à Democracia e ao Estado de Direito, não podendo ser toleradas pelas Instituições e pela Sociedade”, escreveu Moraes no Twitter.

Em nota, a Associação Nacional dos Jornalistas (ANJ) condenou os ataques aos profissionais e afirmou que os agressores “atacaram frontalmente a própria liberdade de imprensa”. A ministra Cármen Lúcia, do STF, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também se manifestaram contra a violência.

OUTRAS NOTÍCIAS