Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Confira dicas de como substituir os alimentos caros da ceia de Natal

Confira dicas de como substituir os alimentos caros da ceia de Natal

É comum gastar muito mais com os alimentos durante as festas de fim de ano. Mas, com os valores acima do normal, principalmente com a cesta básica passando dos R$ 700 [levantamento de novembro pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese)], a ceia de Natal este ano na casa dos brasileiros deve ser mais econômica e com menos fartura.

E, para ajudar com as compras dos alimentos, a nutricionista Kaliana Gomes explica como a população pode economizar na ceia de Natal e Réveillon para encerrar 2021 sem gastar muito. A especialista comenta que, por mais que os valores dos produtos estejam altos, não precisamos deixar de lado os alimentos saborosos e nutritivos.

“Escolhas marcas nacionais que não vão ter o peso dos itens importados e opte por frutas e verduras da estação. É fundamental fazer uma lista dos alimentos a serem incluídos na ceia, para evitar compras em excesso ou por impulso”, explicou.

Kaliana ainda reforça que há a possibilidade de substituir os alimentos mais caros que são vendidos e que batem ponto na ceia de Natal todos os anos, por aqueles que são mais em conta e que não vão pesar no bolso dos brasileiros.

“O ideal é apostar nas substituições, um exemplo disso são as nozes e amêndoas que pode substituir por castanha de caju ou do Pará. As aves natalinas podem ser substituídas pela carne suína, que costuma ter um preço bem mais em conta”.

Mas, mesmo com a substituição de alguns alimentos, a especialista alerta para os exageros que muitos acabam ultrapassando o limite da comida durante o momento de descontração e reunião com amigos e familiares. Kaliana fortalece a importância de não realizar o famoso ‘jejum’ para meter o pé na jaca na ceia.

“Em vez de optar fazer jejum o dia inteiro para aproveitar os pratos natalinos à noite. Escolha opções saudáveis como uma alimentação baseada em fibras, como: castanhas, banana e frutas cítricas são boas opções, além de ser saudável, também causa a sensação de saciedade”.

Confira abaixo as principais dicas da nutricionista para não exagerar na comida:

• Inicie a ceia sempre por saladas com folhas, vegetais e frutas. Prefira temperá-las com um molho leve, por exemplo, o iogurte natural ou azeite.

• Deixe as peles de aves de lado. Pois são ricas em gorduras e calorias. Prefira sempre as partes magras, sem pele.

• Evite o consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

• Alimente-se antes de tomar bebidas alcoólicas e alterne o consumo com água. Além de diminuir a embriaguez, a água ajuda a amenizar uma possível ressaca no dia seguinte.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS