Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Composição do grupo que investiga caso Marielle pode mudar

Composição do grupo que investiga caso Marielle pode mudar

Após o anúncio do nome de Luciano Mattos para o comando do Ministério Público do Rio, feito nesta quarta-feira pelo governador interno Claudio Castro, foi dada a largada para a dança das cadeiras dentro do órgão.

Integrantes do MP que acompanham de perto o momento de transição acreditam que são grandes as chances de mudanças ocorrerem nos grupos que tocam importantes investigações do órgão, como o Gaeco — de intensa atuação na área criminal.

Atualmente, a equipe, que desde 2018 trabalha no caso do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, é comandada pela promotora de Justiça Simone Sibilio.

Informação – Veja

OUTRAS NOTÍCIAS