Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Com investimento total de cerca de R$ 10 milhões, Micareta de Feira já tem ações de órgãos públicos definidas

Com investimento total de cerca de R$ 10 milhões, Micareta de Feira já tem ações de órgãos públicos definidas

O que cada órgão público vai realizar durante a micareta 2019, que será realizada de 25 a 28 de abril, foi apresentado a imprensa e as autoridades durante um encontro no teatro Margarida Ribeiro. O evento contou com a presença do prefeito Colbert Martins Filho e de pelo menos uma dezena de representantes de segmentos que atuam diretamente na festa.

O Ministério Público vai estar com duas coordenadoras este ano. A promotora Semiana Cardoso garante que o trabalho vai ser reforçado. “Teremos um caminhão de atendimento ao público no circuito e contaremos com 12 servidores. Teremos uma assistente social que nos ajudará no atendimento aos foliões. Teremos atendimentos no próprio circuito e o objetivo é que o cidadão tenha acesso mais fácil ao MP”, afirmou.

A promotora Dila Neves, que também está na coordenação, diz em que horários o MP vai atender, seja na sede ou no circuito da festa. “O atendimento na sede será das 8h da manhã às 20h, no ônibus será de 10h da manhã às 22h e teremos equipes itinerantes que fiscalizarão hospitais, casa abrigo, serviço de policiamento, então será uma atividade em conjunto com outros órgãos”, destacou.

A Secretaria municipal de Prevenção a Violência já está com todo o planejamento concluído. É o que informa o secretário Pablo Roberto. “Finalizamos todo o planejamento, com a guarda municipal com 140 guardas convocados, que além de fazer esse policiamento mais ostensivo, também continuará dando atenção a todos os equipamentos da prefeitura”, disse.

A Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) já está preparada para atuar na micareta 2019. Na opinião do superintendente Mauricio Carvalho, trabalhar na micareta é um desafio. “Temos essa missão de estar numa festa da grandiosidade da Micareta de Feira, que reúne milhares de pessoas e vamos trabalhar de forma diuturna durante todo o período. Vamos começar na quinta às 16h e o fluxo do trânsito volta a normalidade na sexta até as 16h e aí fecha definitivamente com a reabertura na segunda as 6h da manhã. 94 agentes estarão empregados na operação. Vamos ter um posto avançado da SMT no circuito da festa, o que é uma importante novidade”, informou.

O coronel Luziel Andrade, comandante do CPRL, ao destacar o trabalho da PM informou que os policiais vão dar atenção ao crime de importunação sexual. “A proporção de policiais que teremos nas ruas, se houver denúncias e flagrante, vamos fazer a condução até a Polícia Civil. Teremos um efetivo suficiente, dentro do foi planejado e garanto que o efetivo está pronto para cobrir toda a área da Micareta”, afirmou.

O coordenador de polícia civil Roberto Leal explica como vai ser o trabalho da instituição na Micareta. “Teremos em cada plantão de 12 horas, cerca de 250 servidores, entre delegados, escrivães e investigadores, além do pessoal do apoio técnico. Eles estarão divididos nos postos e teremos a central de flagrantes e o posto Draco, que é responsável por receber as ocorrências que são produzidas pela própria Polícia Civil, em virtude da apreensão e prisão de pessoas por uso e tráfico de entorpecentes. Ainda teremos as equipes veladas, que vão trabalhar no meio dos foliões, totalmente descaracterizados”.

Estiveram presentes também nesse encontro o secretário de transportes e trânsito, Saulo Figueiredo, a secretária de saúde Denise Mascarenhas, represente do Crea, da Policia Rodoviária Federal, o comando da guarda municipal, entre outras instituições.

Investimento total de R$ 10 milhões

O prefeito Colbert Martins da Silva Filho informou ainda que o município vai gastar em torno de 10 milhões de reais na Micareta deste ano. Segundo ele, o governo federal não pôde ajudar, devido a mudança de governo e o governo do estado deve mandar uma atração que vai desfilar na festa. “É um dever de 82 anos, a Micareta tem tradição e por isso nós investimos. Esse dinheiro vai voltar, principalmente para nossa comunidade. Feira de Santana ganha como um todo”, declarou.

Acorda Cidade.

OUTRAS NOTÍCIAS