Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Com apenas 21 dias, dezembro é o mês que Feira de Santana mais registrou casos de coronavírus

Com apenas 21 dias, dezembro é o mês que Feira de Santana mais registrou casos de coronavírus

Dezembro foi o mês com maior número de casos de Covid-19, em Feira de Santana, desde que começou a pandemia. Em apenas 21 dias, foram 3.718 testes positivos.

A situação sobrecarrega não só os leitos dos hospitais públicos, mas também particulares.

Os dados confirmam que a cidade vive um novo pico da pandemia. Em março, quando ocorreu o primeiro caso na cidade, foram 16 registros. Em abril, 68 e em maio, o número subiu para 479.

Junho foi o mês que a cidade registrou um aumento bem expressivo, 3.022 casos. Em julho, o pico da doença até então, 3528.

Após o aumento dos casos de Covid-19, Feira de Santana conviveu com uma queda nos registros. Nos meses de agosto e setembro, foram 1.884 e 1.254, mas em outubro, o número voltou a subir, 1.917 casos.

Já em novembro, mais um aumento expressivo, 2.939 e nos primeiros 21 dias de dezembro, 3.579 casos confirmados.

Diante desse aumento expressivo do número de casos, o sistema de saúde de Feira de Santana ficou bem sobrecarregado. As taxas de ocupação tanto do Cleriston Andrade quanto do Hospital de Campanha têm estado quase sempre com a capacidade máxima. Na rede particular, a situação também é complicada.

De 29 de novembro até 5 de dezembro, Feira de Santana registou 1.106 novos casos da doença. Foi a semana com maior número de novos casos da Covid-19 até então.

De 29 de novembro até 5 de dezembro, Feira de Santana registou 1.106 novos casos da doença.

A infectologista e coordenadora do comitê municipal de controle ao coronavírus, Melissa Falcão, fez um alerta quanto a esse final de ano e pede que as pessoas evitem ao máximo as aglomerações.

Informações G1

OUTRAS NOTÍCIAS