Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Claudinho é desejado por muitos times brasileiros

Claudinho é desejado por muitos times brasileiros

Depois de dois anos liderado por Gabigol, o topo da lista de artilheiros do Campeonato Brasileiro tem um nome que não veste a camisa de algum dos clubes considerados grandes: é Claudinho, 24 anos, do Red Bull Bragantino.

Ele é camisa 10 e capitão do time do interior de São Paulo e já chegou aos 16 gols — mesmo número de de Marinho (Santos) e Thiago Galhardo (Internacional). Outros que ficaram para trás são Luciano (São Paulo) e Cano (Vasco). Os números de Claudinho são explicados pela campanha ascendente de sua equipe e, para quem acredita nisso, por uma profecia da mãe, Lúcia.

Quando eu estava com dez gols minha mãe falou para mim que eu poderia e iria alcançar essa artilharia, que ela profetizava isso na minha vida. E, cara, estou sendo muito feliz de estar podendo fazer os gols, saindo com as vitórias e alcançando essa artilharia. Lembro que eu tinha chegado de um jogo e feito gol, ela falou que eu alcançaria essa meta, que ela profetizava isso na minha vida e está dando certo.” Como ele diz, “o que mãe fala acontece”.

Em entrevista, Claudinho também fala sobre suas passagens por Santos e Corinthians antes de estourar e principalmente sobre o futuro, já que seu nome é um dos mais badalados do mercado da bola para 2021: “Vejo muitos comentários de ‘volta para o Santos’, ‘volta para o Corinthians’, ‘vem para o Flamengo’, ‘vem para o Grêmio’ e fico feliz.” Mas e futebol europeu, está nos planos?

O futebol brasileiro já está ansioso pela próxima profecia de dona Lúcia.

Futuro pode ser na Europa

O Red Bull Bragantino é parte de uma franquia de times da empresa de energéticos espalhada pelo mundo. O projeto mais bem-sucedido da atualidade é o RB Leipzig, da Alemanha, que foi semifinalista da temporada 2019/2020 da Liga dos Campeões da Europa e é atualmente segundo colocado do Campeonato Alemão. Também há times na Áustria e nos Estados Unidos, entre outros países.

O RB alemão é um destino possível para Claudinho nos próximos meses. Não que exista preferência de compra em contrato, mas há grande intercâmbio de informações entre as franquias, o que pode facilitar o caminho. Para fora disso seu valor de mercado varia entre 12 e 15 milhões de euros (de R$ 80 milhões a R$ 100 milhões, aproximadamente). Os árabes do Al Ittihad acenaram com algo próximo.

Grandes clubes brasileiros também olham com carinho para Claudinho, apesar dos altos valores envolvidos. Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, chegou a abordá-lo após o jogo entre os dois times dizendo que indicaria sua contratação para a diretoria. Isso além das torcidas de Santos e Corinthians, saudosas, e do Flamengo, sempre de olho nos grandes destaques do país.

“Olha, o sonho de todo jogador é jogar no time que você tem carinho, essas coisas. O meu não é diferente. Mas de verdade, agora não penso nisso, porque estou muito feliz aqui, muito adaptado, me sinto em casa, a torcida aqui [Red Bull Bragantino] me apoia bastante, não tenho do que reclamar, o que falar para eu sair. Também é sonho de todo jogador estar na Europa e se tiver oportunidade e for bom para os dois lados, para mim e para o Red Bull Bragantino, vai acontecer na melhor hora.”

Ele também não respondeu qual é o tal time que ele “tem carinho” ou se já vestiu a camisa desse tal time: “Deixa passar essa, melhor (risos).”

OUTRAS NOTÍCIAS