Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Chega ao fim, após 23 dias, greve dos professores municipais de Feira de Santana

Chega ao fim, após 23 dias, greve dos professores municipais de Feira de Santana

Após assembleia, na manhã desta quinta-feira (6), os professores decidiram retomar as atividades amanhã (07).

Segundo a diretora da APLB-Feira, professora Marlede Oliveira, dentre as nove reivindicações da categoria, as três principais foram atendidas: o reajuste de 7.64%, o enquadramento de todos os professores e a manutenção dos 15%.

A proposta de reajuste oferecida pela prefeitura de 7,64% é dividida em duas parcelas, sendo a primeira a ser paga em abril, retroativa ao mês de janeiro, e o restante em julho. A carga horária de 20 para 40 horas semanais para os professores que apresentaram solicitação também foi um ponto acordado.

Marlede informou ainda que as aulas retornarão amanhã e que o sindicato juntamente com a Secretaria de Educação vai elaborar o calendário de reposição das aulas.

De acordo com a prefeitura, 95% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) será usado no pagamento dos professores.

Foto | Reprodução

 

OUTRAS NOTÍCIAS