Três vacas que tinham sido levadas pelo furacão Dorian são encontradas vivas

Três vacas que tinham sido levadas pelo furacão Dorian no estado americano da Carolina do Norte, no dia 6 de setembro, conseguiram sobreviver à tempestade nadando e foram encontradas a cerca de 6 km de casa, informou a imprensa americana.

Segundo os jornais “New York Times” e “The Charlotte Observer”, os animais foram descobertos no parque de Cape Lookout National Seashore, no sul das ilhas de barreira que separam a costa do estado do Oceano Atlântico.

Vacas sobrevivem ao furacão Dorian — Foto: G1

Vacas sobrevivem ao furacão Dorian — Foto: G1

Funcionários do parque encontraram a primeira vaca no dia 7 de setembro, um dia após o furacão. Mais duas vacas, ambas com um ano de idade, foram encontradas três semanas depois.

De acordo com um porta-voz do parque, B.G. Horvat, acredita-se que as vacas tenham nadado cerca de 6km entre Cedar Island e o local onde foram achadas.

“É uma história tremenda de como elas conseguiram”, declarou B.G. Horvat na quarta-feira (13). “Se as vacas pudessem falar, imagine a história que contariam sobre suportar aquela onda de água. Deve ser incrível”, disse.

O cuidador dos animais as identificou como sendo de Cedar Island, afirmou Horvat – elas são parte de um grupo de gado domesticado que pasta em cerca de 405 hectares de propriedade privada. Vacas e cavalos na ilha foram varridos por uma onda de água de cerca de 2,4 metros.

Os animais encontrados parecem ter um vínculo, disse Horvat. “Desde que se encontraram, estão juntas. Ficam apenas pastando na Ilha North Core.”

Ele disse que os funcionários do parque esperam encontrar o dono dos animais. Uma vez contatado, o proprietário terá 30 dias para propor um plano de realocação das vacas – que pode incluir sedá-las e mandá-las de volta por ferry a Cedar Island ou transportá-las com um trailer.

“Se o parque precisar ajudar a reunir as vacas, nós ajudaremos a fazer isso”, disse Horvat.

Nena Hancock, que é dona e administra uma manada de cavalos em Cedar Island com seu marido, Woody, perdeu 28 cavalos na tempestade. Ela disse que eles ajudariam a realocar as vacas de volta para sua casa.

“Ficaremos mais do que felizes”, disse em entrevista na quarta-feira (13). “Estaríamos dispostos a ajudar quando essa decisão for tomada.”

O parque em Cape Lookout tem 90 quilômetros de praias e é conhecido por seu farol xadrez, pesca de surfe e cavalos selvagens.

Fonte: G1

Suspeito de assassinar criança de 5 anos em Juazeiro na BA é preso na Orla de Petrolina, em PE

A Polícia Militar prendeu em flagrante na noite de quarta-feira (13), na Orla de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, o suspeito de ter assassinado uma criança de cinco anos, na tarde de quarta-feira , na cidade vizinha, Juazeiro, na Bahia.

De acordo 2º Batalhão Integrado Especializado (2º Biesp), Patrick de Souza Bezerra, foi identificado por um policial que estava de serviço, e, após uma perseguição, capturado. Ele estava sozinho e desarmado.

“O homicídio aconteceu em Juazeiro, o homicida mora lá, mas ele fugiu para Petrolina, segundo informações, dizem que ele ia tentar fugir com a mulher, mas não conseguiu e foi para Petrolina. Um policial nosso de serviço, recebeu as informações que esse indivíduo estaria aqui e ele visualizou o fugitivo descendo de um mototaxi e deu voz de prisão. O individuo saiu correndo e nosso policial saiu em perseguição e conseguiu capturá-lo”, explicou o oficial de Comunicação Social do 2º Biesp, tenente Welligton, Salvatore.

Após confirmada a identidade do criminoso pela Polícia Civil da Bahia, o suspeito foi conduzido pelo 2°Biesp até uma delegacia de Polícia Civil em Juazeiro, para ser realizado o auto de prisão em flagrante. Na manhã desta quinta-feira (14), o suspeito vai ser apresentado a audiência de custódia.

Ainda segundo o tenente Salvatore, possivelmente se trata de um crime passional. Patrick de Souza Bezerra, juntamente com seu comparsa, em uma moto, emboscaram um jovem para matá-lo. Na ação, eles atingiram o enteado do rapaz, Pedro Davi Lima Camargo Midon, de cinco anos de idade, que não resistiu e morreu.

Fonte: G1

Presidente interina da Bolívia diz que “Bíblia volta ao Palácio” após saída de Evo Morales

A senadora Jeanine Áñez assumiu a função de presidente interina da Bolívia após a renúncia de Evo Morales, seu vice-presidente e os presidentes da Câmara e do Senado. Na cerimônia de posse, ela levou um exemplar da Bíblia Sagrada e declarou que o livro estava de “volta ao Palácio”.

Na sacada do Palácio Quemado, Jeanine Añez fez um discurso após assumir a presidência da Bolívia de maneira interina, como prevê a Constituição do país em caso de renúncia das figuras que ocupam a linha de sucessão. Entre a renúncia de Morales e a posse da senadora, o país passou 48 horas sem presidente.

“A Bíblia volta ao Palácio”, disse a presidente interina em declaração dada à imprensa, repetindo o gesto do líder de oposição, o conservador católico Luis Fernando Camacho.

Agora, em seu mandato tampão, deverá convocar uma nova eleição em até 90 dias. Ela acredita que poderá organizar todos os detalhes necessários e realizar o pleito para que o povo boliviano eleja seu novo presidente até o dia 22 de janeiro de 2020.

De acordo com a imprensa internacional, Añez foi proclamada presidente interina numa sessão legislativa extraordinária, sem a presença de representantes do partido Movimento ao Socialismo (MAS), que é apoiador do presidente demissionário, e sem a quantidade mínima exigida pelo regimento para uma deliberação.

Por seu lado, os integrantes do MAS disseram que faltaram à reunião por questões de segurança. Alegam que estão sendo perseguidos depois que os protestos se iniciaram por todo o país em decorrência na fraude ocorrida nas eleições, conforme apontado pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

“O que aconteceu na Bolívia foi a verificação de fraudes monumentais. Um golpe de Estado é quando há soldados nas ruas”, afirmou a presidente interina ao negar a versão de Evo Morales, de que sua renúncia seria fruto de uma pressão golpista.

Na última quarta-feira, 13 de novembro, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil reconheceu Añez como presidente interina da Bolívia. “O Governo brasileiro congratula a senadora Jeanine Añez por assumir constitucionalmente a Presidência da Bolívia e saúda sua determinação de trabalhar pela pacificação do país e pela pronta realização de eleições gerais. O Brasil deseja aprofundar a fraterna amizade com a Bolívia”, comunicou a pasta, através do Twitter.

Fonte: Gospel

Escritora baiana lança livro que conta história da avó de Zumbi, Rainha do Congo

A escritora baiana Sara Messias vai lançar do dia 21 de novembro, no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), o livro intitulado “Aqualtune: Um sonho chamado liberdade”. A obra conta a história da Rainha do Congo, que no Brasil é conhecida por ter sido avó de Zumbi dos Palmares.

Fruto de um trabalho de identidade, pesquisa e paixão, “Aqualtune” pretende levar ao leitor relatos de aventuras de uma mulher que viveu no século XVII, considerada como uma personagem revolucionária, corajosa e destemida, mas que se viu obrigada a se casar com o próprio primo.

“Ela cresceu em uma sociedade mista, foi instruída pelos sacerdotes portugueses e viveu em harmonia com a população europeia. A princesa do Reino do Congo, dona de conhecimentos políticos, organizacionais e de estratégia de guerra, apesar de ser pouco lembrada nos livros e escolas brasileiras, foi muito importante para a história da população negra durante o Período Colonial”, adianta a autora.

Vivendo na Itália onde constituiu sua família, Sara retorna a Salvador para o seu primeiro lançamento literário. Pisar novamente na terra onde nasceu, justamente no mês dedicado a Consciência Negra, traz consigo mais um projeto que visa “contribuir para uma sociedade mais fraterna, igualitária e principalmente respeitosa com os direitos humanos”.

“Em pleno século XXI, ainda vivemos em ma sociedade racista, machista e opressora. Voltar a Salvador, que é a cidade mais negra fora da África, com um trabalho como ‘Aqualtune’, é levar para o meu povo uma história de luta e resistência, que ainda permanece nos dias atuais”, completou.

SERVIÇO:
O QUE: Lançamento: “Aqualtune – Um sonho chamado liberdade”, por Sara Messias.
QUANDO: 21 de novembro, a partir das 17h30
ONDE: Sede do IGHB – Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, Avenida Joana Angélica, 43, Piedade, Salvador

Fonte: Bahia Notícias 

Após perder 40kg, funcionária pública vence Miss Bariátrica 2019 em Salvador

A funcionária pública Eliene Oliveira, de 41 anos, venceu o concurso Miss Bariátrica 2019, realizado na noite da quarta-feira (13), no Teatro Sesc Casa do Comércio, em Salvador.

O evento celebra a conquista de mulheres que recuperaram a saúde, autoestima e qualidade de vida depois de emagrecerem. Eliene integrou a lista de candidatas após perder 40kg.

A fisioterapeuta Ana Paula Figueiredo, que emagreceu 36kg, ficou em segundo lugar, enquanto a terceira posição ficou com a nutricionista Luiza Cosme, que perdeu 30kg.

Funcionária pública Eliene Oliveira (vestindo amarelo) ficou com o 1º lugar no Miss Bariátrica 2019 / Ana Paula Fiqueiredo (usando azul) ficou em 2º / Luiza Cosme (usando rosa) ficou em 3º — Foto: Reinaldo Oliveira/Assessoria

Funcionária pública Eliene Oliveira (vestindo amarelo) ficou com o 1º lugar no Miss Bariátrica 2019 / Ana Paula Fiqueiredo (usando azul) ficou em 2º / Luiza Cosme (usando rosa) ficou em 3º — Foto: Reinaldo Oliveira/Assessoria

As três foram escolhidas com base em critérios como postura, criatividade, espontaneidade, carisma, evolução e presença cênica.

Além delas, outras nove mulheres finalistas concorreram no concurso, que foi realizado em duas etapas.

Na primeira etapa, cada candidata desfilou com uma roupa customizada por ela. Na segunda, elas usaram modelos criados pela estilista Luciana Galeão, que produziu os modelitos a partir das peças que as finalistas usavam antes do emagrecimento.

Conheça as candidatas

Eliene Oliveira – 40 kg – 41 anos – funcionária pública

Eliene Oliveira, 41 anos, candidata do Miss Bariátrica  — Foto: Divulgação

Eliene Oliveira, 41 anos, candidata do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Ana Paula Figueiredo – 36 kg – 35 anos – fisioterapeuta

Ana Paula Figueiredo, 35 anos, candidata do Miss Bariátrica  — Foto: Divulgação

Ana Paula Figueiredo, 35 anos, candidata do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Luiza Cosme – 35 kg – 30 anos – nutricionista

Luiza Cosme, 30 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Luiza Cosme, 30 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Ana Maria dos Santos Rocha – 36 kg – 51 anos – secretária executiva

Ana Maria Rocha, 51 anos, candidata do Miss Bariátrica  — Foto: Divulgação

Ana Maria Rocha, 51 anos, candidata do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Cinthia Carvalho Lima – 52 kg – 38 anos – turismóloga

Cinthia Carvalho, 38 anos, candidata do Miss Bariátrica  — Foto: Divulgação

Cinthia Carvalho, 38 anos, candidata do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Daniela Baldini de Moura – 60 kg – 34 anos – fisioterapeuta

Daniela Baldini, 34 anos, candidata do Miss Bariátrica  — Foto: Divulgação

Daniela Baldini, 34 anos, candidata do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Graziele Rocha Amaral – 34 kg – 38 anos – enfermeira

Graziele Rocha, 38 anos, finalista do Miss Bariátrica  — Foto: Divulgação

Graziele Rocha, 38 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Lívia Chaves dos Santos – 48 kg – 41 anos – soldada do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, designer de moda e costureira, e estudante de sociologia

Lívia Chaves, 41 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Lívia Chaves, 41 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Lybia Santos – 52 kg – 35 anos – enfermeira

Lybia Santos, 35 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Lybia Santos, 35 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Natalia Suelid Conceição Ribeiro – 61 kg – 34 anos – enfermeira

Natalia Suelid, 34 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Natalia Suelid, 34 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Maiara Souza Benevides Rodrigues – 43 kg – 32 anos – Executiva em contas

Maiara Souza, 32 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Maiara Souza, 32 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Roberta Leão – 52 kg – 37 anos – inspetora de qualidade

Roberta Leão, 37 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Roberta Leão, 37 anos, finalista do Miss Bariátrica — Foto: Divulgação

Fonte: G1

Anúncio de feirão de emprego gera confusão entre candidatos e causa tumulto em Feira de Santana

Um anúncio sobre a realização do I Feirão do Emprego de Feira de Santana, pela prefeitura da cidade, a cerca de 100 km de Salvador, gerou uma confusão na manhã desta quarta-feira (13) na Casa do Trabalhador.

Muitas pessoas se dirigiram ao local em busca de uma oportunidade e saíram de casa ainda na madrugada, mas a maioria não sabia que, para participar da seleção para as vagas disponíveis, era preciso ter feito cadastro prévio e estar com uma carta para entrevista em mãos. As cartas de encaminhamento para entrevista, segundo a prefeitura, tinham sido esgotadas na segunda-feira (12).

Houve protestos no local de pessoas que ficaram revoltadas e, por conta da situação, até o trânsito ficou congestionado na Rua Castro Alves, onde fica a Casa do Trabalhador, e nas imediações.

A atendente Daniela Batista disse que viu o anúncio das vagas de emprego nas redes sociais, mas afirma que não foi informada sobre a necessidade de estar com uma carta para entrevista.

Muitos moradores foram para o meio da rua protestar e trânsito ficou lento — Foto: Reprodução/TV Subaé

“Todo mundo está aqui desde a madrugada. Uma menina foi assaltada vindo para cá. Eu cheguei aqui as 5h da manhã e tem gente aqui que tá desde 1h da manhã. Está em todas as redes sociais que iria ter o feirão hoje aqui, mas o cartaz tá dizendo que as vagas estão encerradas. Não teve vaga nenhuma, não atenderam ninguém. Disseram que só iriam atender quem teve carta, mas que carta? Todo mundo tá vindo aqui a semana toda e a gente não sabe de onde saiu essa carta”, destacou Daniela, que afirmou estar desempregada há dois anos.

A dona de casa Geise Nascimento também foi de madrugada para o local e disse que, no trajeto, chegou a ser assaltada. No final, também disse não ter conseguido nenhuma vaga.

“Acordei 4h da manhã, larguei minha filha em casa e vim em busca de trabalho. No meio do caminho, fui assaltada, recebi arma na cara e, quando cheguei aqui, achei o portão fechado. Um descaso com o trabalhador. A população em busca de trabalho e nada, nenhuma solução. Agora, sem celular, sem trabalho e sem nada. E agora, vai acontecer o quê? Foi fake news, não é? Como é que bota uma mensagem lá e a gente vem em busca de trabalho e não tem?”, reclamou.

Atendente Daniela Batista diz que não encontrou vagas de emprego no local — Foto: Reprodução/TV Subaé

Atendente Daniela Batista diz que não encontrou vagas de emprego no local — Foto: Reprodução/TV Subaé

O vigilante Hercules Brito também reclamou bastante da situação.

“Eu cheguei aqui 2h da manhã e agora estão chegando algumas pessoas com essa carta que ele falou e essas pessoas estão tendo acesso e a população que parou aqui o trânsito, que está se mobilizando, não vai ser atendida. Isso é revoltante, porque se trata de um anúncio no qual você vai passar por uma seleção e quando você chega aqui, você nem vai ser atendido”, destacou o homem, que está há oito meses em busca de uma vaga no mercado de trabalho.

O diretor da Casa do Trabalhador, Arlindo Marques, disse que 200 pessoas foram inseridas no mercado de trabalho e que, mesmo com o tumulto, conseguiu atender todas as pessoas que se dirigiram ao local.

“Foi uma operação exitosa, foi muito bem sucedida, porque encaminhamos ao mercado de trabalho mais de 200 pessoas. Essas cartas de encaminhamento para entrevistas se encerraram na segunda-feira e não tinha mais vaga. E apareceu um número maior. Então, nós atendemos todo mundo e de 10h30 para 11h não tinha mais ninguém para ser atendido. Conseguimos atender todo mundo que estava esperando, além das 200 pessoas. Consegui agendar algumas também para os próximos dias, de forma que todo mundo foi atendido. Mas teve um grupo que tinha outro objetivo, não estava em busca de emprego e ajudou a tumultuar. Mas foi controlado”, afirmou.

Por meio de nota, a prefeitura informou, ainda, que além das vagas reservadas às pessoas que se encontravam previamente cadastradas, novas oportunidades de empregos também foram estendidas a candidatos não cadastrados, o que foi possível graças à mediação da Casa do Trabalhador com as empresas envolvidas.

Sobre a confusão, a prefeitura disse que houve um “incidente pontual provocado por dois candidatos, inconformados ao ser informados que as vagas haviam sido esgotadas, (situação prontamente controlado pelos coordenadores), o I Feirão do Emprego de Feira de Santana foi considerado um sucesso”.

Fonte: G1

Aprenda essa deliciosa receita de macarrão com molho de queijo

Ingredientes

  • 500 g do macarrão de sua preferência;
  • 1 xícara (chá) de requeijão cremoso sabor cheddar;
  • 3 xícaras (chá) de leite;
  • 1 xícara (chá) de requeijão;
  • 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado;
  • 2 colheres (sopa) de manteiga;
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo;
  • 1 xícara (chá) de cebola batida ou ralada;
  • ½ xícara (chá) de cebolinha picada;
  • Sal a gosto.

Modo de Preparo

  1. Cozinhe o macarrão em água quente com sal e reserve;
  2. Numa panela, refogue a cebola e a farinha na manteiga em fogo baixo, acrescente a cebolinha e refogue um pouco mais. Adicione o leite fervendo e mexa até engrossar;
  3. Acrescente o requeijão, o cheddar, o queijo ralado e deixe incorporar. Acerte o sal;
  4. Numa tigela, despeje o macarrão e vá acrescentando o molho do queijo;
  5. Seu prato esta pronto, Bom apetite!

Fonte: Receita de comidas

Cena de Josiane sendo espancada na cadeia em ‘A Dona do Pedaço’

Em sua reta final, a novela “A Dona do Pedaço” voltou a ser assunto nas redes sociais, na noite desta quarta-feira (13), graças a continuação da nova vida da vilã Josiane (Agatha Moreira) que foi condenada a cumprir 30 anos em uma penitenciária.

Na sequência, a ex-digital influencer levou uma surra da líder das presidiárias ao não aceitar ser “intimidada”. No Twitter, os fãs da trama de Walcyr Carrasco celebraram. “Vai ser chamada de carniça agora. Apanhou muito e mereceu mesmo!”; “Assisti a novela inteira para essa hora… Josiane apanhando kkkkk”; “Eu não senti nem um pingo de dó da Josiane apanhando. Pensando se sou um ser humano horrível e mereço ser cancelado por isso? Realmente ando tendo crises existenciais e às vezes deixo de me reconhecer…”, foram alguns dos comentários.

Vale ressaltar que a Globo optou por não transmitir o jogo do Flamengo e Vasco para privilegiar o enredo das nove. Esta é a penúltima semana da trama que tem tido elevados níveis de audiência, apesar das intensas críticas pelo roteiro, direção e até atuação de parte do elenco. Além de “A Dona do Pedaço” prolongada, com o capítulo de quase uma hora, a programação contou com a exibição do filme “Vai Que Cola”. 

Fonte: Bahia Notícias 

Vírus da zika tem potencial de combater o câncer de próstata

O vírus da Zika tem potencial de combater o câncer de próstata. A constatação foi feita pos pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Para chegar aos resultados positivos, os cientistas utilizaram uma linhagem de adenocarcinoma de próstata humano e observaram que o zika, mesmo inativo, foi capaz de inibir a proliferação das células tumorais.

“O próximo passo da investigação envolve testes em animais. Caso os resultados sejam positivos, pretendemos buscar parcerias com empresas para viabilizar os ensaios clínicos”, disse Catharino, professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unicamp e coordenador do Laboratório Innovare de Biomarcadores.

Catharino iniciou a pesquisa em 2015, quando foi descoberta a relação entre a epidemia de zika e o aumento nos casos de microcefalia. De acordo com reportagem da agência Fapesb, os estudos confirmaram a capacidade do patógeno de infectar e destruir as células progenitoras neurais. Foi então que Catharino teve a ideia de testar o vírus em linhagens de glioblastoma, o tipo mais comum e agressivo de câncer do sistema nervoso central em adultos.

Os bons resultados observados <em>in vitro</em> pelo grupo da Unicamp foram confirmados em modelo animal por cientistas do Centro de Pesquisas do Genoma Humano e Células-Tronco, um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiado pela FAPESP na Universidade de São Paulo (USP).

Fonte: Bahia Notícias 

TRF-4 anula sentença por ‘copia e cola’ de juíza da Lava Jato que condenou Lula

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da Quarta Região) anulou nesta quarta-feira (13) uma decisão da juíza Gabriela Hardt, que substituiu temporariamente Sergio Moro nas ações referentes à Lava Jato em Curitiba, sob alegação de que a magistrada copiou e colou a sentença. O caso é referente a um esquema de desvio de verbas no interior do Paraná.

O argumento é similar ao utilizado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que questionou Hardt pela sentença referente ao sítio de Atibaia (SP). Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses pela magistrada de primeira instância em uma decisão de fevereiro deste ano. Segundo os advogados do ex-presidente, que recorrem da decisão no TRF-4, houve cópia por parte da magistrada.

O ex-presidente deixou a cadeia na última sexta-feira (8), após 580 dias preso na sede da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba. A soltura ocorreu um dia após o Supremo Tribunal Federal ter decidido que um condenado só pode ser preso após o trânsito em julgado (o fim dos recursos). Isso alterou a jurisprudência que, desde 2016, vinha permitindo a prisão logo após a condenação em segunda instância.

Lula cumpria pena de oito anos e dez meses de prisão, fixada pelo Superior Tribunal de Justiça, por outro processo, o do tríplex de Guarujá (SP).O caso desta quarta está relacionado a desvios de verbas em Santa Helena, cidade no interior do Paraná. O esquema envolvia duas organizações sociais civis de interesse público (oscips) que tinham contratos na área de saúde com município.

Haviam sido condenados dirigentes das organizações (por crimes como organização criminosa e lavagem de dinheiro) e a ex-prefeita Rita Maria Schmidt (por frustração ao caráter competitivo de licitação).  Na decisão do TRF-4, o juiz federal Leandro Paulsen disse que “reproduzir, como seus, argumentos de terceiro, copiando peça processual sem indicação da fonte, não é admissível”. Os magistrados João Pedro Gebran Neto (relator) e Carlos Eduardo Thompson Flores também votaram pela nulidade da sentença de Hardt.

Segundo Paulsen, a juíza federal apropriou-se dos fundamentos do Ministério Público Federal expostos nas alegações finais, “sem fazer qualquer referência de que os estava adotando como razões de decidir, trazendo como se fossem seus os argumentos, o que não se pode admitir.” No caso que envolve o ex-presidente Lula, que não tem relação com o julgamento desta quarta, a defesa protocolou nos autos uma perícia realizada pelo Instituto Del Picchia que constatou que houve, por parte de Hardt, “aproveitamento do mesmo arquivo de texto” que embasou a condenação do petista no processo do tríplex.

“Há certeza técnica de que a sentença do sítio foi superposta ao arquivo de texto da sentença do tríplex, diante das múltiplas e extremamente singulares ‘coincidências’ terminológicas”, informou o documento da perícia, que foi encaminhado ao STF. Hardt assumiu a titularidade temporariamente a 13ª Vara Federal de Curitiba após a exoneração de Moro, que se tornou ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro. Em março, o juiz federal Luiz Antônio Bonat foi conduzido à titularidade e, consequentemente, ficou responsável pelos casos referentes à Lava Jato.

Como mostrou a Folha de S.Paulo, Hardt foi autorizada pela Corregedoria Regional da Justiça Federal a despachar em casos da Lava Jato em conjunto com Bonat. Em maio, Hardt admitiu, em entrevista a jornalistas antes de palestrar em um evento, que utilizou como modelo a decisão do ex-juiz Sergio Moro sobre o caso do tríplex. A juíza afirmou que faz isso “sempre” e que seria um “retrabalho” começar a redigir uma sentença do zero.

“A gente sempre faz uma sentença em cima da outra. E a gente busca a anterior que mais se aproxima”, afirmou. “Nosso sistema tem modelo para que a gente comece a redigir em cima dele. Eu faço isso em todas as minhas decisões. Raramente começo a redigir uma sentença do zero porque seria um retrabalho.”

Em relação ao ex-presidente, Hardt afirmou que a sentença disponível no sistema que tinha mais semelhanças com o caso era a do ex-juiz Sergio Moro. “Usei o modelo do caso mais próximo, mas a fundamentação da sentença não tem nada da anterior”, declarou. Na sentença que condenou Lula pelo sítio, a juíza chegou a mencionar o termo “apartamento” (fato também mencionado na perícia contratada pela defesa do ex-presidente).

A palavra, admitiu a juíza, estava na sentença de Moro e não foi alterada por erro pessoal. “Eu fiz em cima e na revisão esqueci de tirar aquela palavra”, disse Hardt. “Fiz a sentença sozinha. Todas as falhas dela são minhas.” Lula estava preso desde o dia 7 abril de 2018 em uma cela especial da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. O local mede 15 metros quadrados, tem banheiro e fica isolado no último andar do prédio. Ele não teve contato com outros presos, que vivem na carceragem, no primeiro andar.

A pena de Lula foi definida pelo Superior Tribunal de Justiça em 8 anos, 10 meses e 20 dias. O petista foi condenado sob a acusação de aceitar a propriedade de um tríplex, em Guarujá, como propina paga pela OAS em troca de três contratos com a Petrobras, o que ele sempre negou. O caso ainda tem recursos finais pendentes nessa instância antes de ser remetido para o STF. O Supremo, porém, pode anular todo o processo sob argumento de Moro não tinha a imparcialidade necessária para julgar o petista naquela situação. Não há data marcada para que esse pedido seja analisado.

Fonte: Bahia Notícias