Carreira de Paulo André fora do BBB 22 vira assunto polêmico no Ministério da Cidadania; Brother pode perder bolsa atleta, entenda

whatsapp_image_2022-03-13_at_10.49.58_widelg

Sua participação no BBB 22 deu notoriedade, principalmente, para a comunidade olímpica. Paulo André virou pauta em um assunto com o Ministro da Cidadania, João Roma, que toma conta da pasta da Secretaria Especial do Esporte do governo Bolsonaro.

O ex-deputado federal da Bahia ficou surpreso ao descobrir que o ex-affair de Jade Picon recebe o valor da assistência do governo para atletas. Atualmente, quem compete, recebe valores até R$ 8 mil mensalmente. Paulo André, no entanto, abandonou os treinos em busca da fama e, como ele mesmo diz no programa, para melhorar a vida do seu filho, P.Azinho.

Mesmo confinado na casa mais vigiada do Brasil, o atleta segue ganhando o valor e pode perder a bolsa auxilio. Isso porque o Ministro João Roma confirmou, durante entrevista à Veja, que iria checar a veracidade da informação para, só assim, cortar Paulo André da Lista de beneficiários. Além disso, o atleta poderá ser suspenso e deverá receber uma advertência por não ter continuado com os treinos devidos.

Informações: Folha

OUTRAS NOTÍCIAS