Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Cantor baiano é acusado de não pagar pensão da filha de 15 anos; Jovem já tentou suicídio por sofrer abandono afetivo

Cantor baiano é acusado de não pagar pensão da filha de 15 anos; Jovem já tentou suicídio por sofrer abandono afetivo

Neste final de semana, uma polêmica envolvendo um cantor baiano tomou conta das redes sociais. O forte desabafo de uma adolescente de 15 anos comoveu os internautas e expôs um caso de abandono afetivo que ela vem sofrendo por parte do pai, que é o cantor Alisson Max, conhecido por ser vocalista das bandas de pagode Caldeirão e Leva Noiz. O cantor negou as acusações (veja no final da matéria).

A jovem utilizou seu perfil no Instagram, e através dos stories, se manifestou a respeito de mais um descaso da figura paterna, situação parecida com a que o cantor Falcão, ex-grupo O Rappa, foi acusado no ano passado. O episódio, às vésperas da volta às aulas, foi por causa do pedido de uma contribuição para compra de materiais escolares, valores que são dividos entre o cantor a mãe Dany Adans, com quem teve um relacionamento de 14 anos com o artista.

print

Nas publicações, a adolescente, que revela não receber nenhuma ajuda financeira do pai, conta que foi humilhada ao ser cobrada por uma foto da nota fiscal para comprovar o valor que pedia. “Não recebo pensão, nenhuma ajuda financeira e quando peço sofro descaso por não ler minha mensagem. Tive que mandar foto pra comprovar o valor que pedi sendo que não recebo um centavo”.

desabafo

Em contato com a reportagem do BNews, a mãe da jovem confirmou que não recebe nenhum auxílio financeiro para os custos do dia-a-dia, semelhante à situação exposta pela filha de Guga, ex-cantor do Psirico, em julho. Segundo ela, com o fim definitivo do relacionamento entre eles, em 2015, o cantor parou de dar qualquer ajuda, o que a motivou entrar na Justiça para receber os valores devidos da filha.

“Entrei com um processo para fixar um valor que ele pudesse dar todo mês. Depois, continuando o processo, ele parou de dar. No ano passado, ele abriu um processo para que ele desse R$ 120 por mês, sendo que ele expõe no Instagram a agenda de shows”, contou ao revelar que aguarda a fase de execução da ação.

No entanto, o drama familiar vai muito além do descaso financeiro. Ainda nas publicações, a adolescente chegou a fazer um desabafo apontando um abandono efetivo por parte do pai. “As pessoas não conhecem a verdadeira face desse ser humano. Pra falar a verdade tenho vergonha de ser filha. Não acreditem em tudo que vêem por aí, as pessoas são más”, postou.

desxabafo

À reportagem, Dany Adans revelou que a filha desenvolveu depressão, ansiedade e síndrome do pânico, após outra situação parecida que aconteceu há mais ou menos dois anos. “Ela se automutilava, já teve tentativas de suicídio. Ela sofre até hoje. A última dela foi em agosto do ano passado, que ela ficou internada no Hospital Santa Izabel, e só saiu depois de consulta com psiquiatra por já estar em um grau elevado”.

Nas redes sociais, Alisson Max afirmou que paga a pensão da filha, disse que faz o pagamento pelo pix da própria adolescente: eu tenho caráter, sou um pai de família, graças a Deus tenho duas filhas abençoadas e durante cinco, seis anos venho nessa perseguição absurda”.

Ele ainda negou que os problemas psicológicos que a filha vem atravessando seja por causa das desavenças sobre a pensão e ainda disse que a filha queria morar com ele por ser infeliz na casa onde vive.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS