Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Campeonato Brasileiro: Bahia perde para o Inter e está na zona de rebaixamento

Campeonato Brasileiro: Bahia perde para o Inter e está na zona de rebaixamento

O Bahia está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (26), no Beira-Rio, o Esquadrão perdeu por 2 a 0 para o Internacional e, devido à vitória do Juventude e ao empate do América Mineiro, entrou no Z-4.

Agora, o Tricolor possui 23 pontos, e nenhum outro jogo da 22ª rodada pode tirar a equipe na degola. Mais uma vez com muitas mexidas do técnico Diego Dabove, o Bahia até chegou a se comportar bem em determinada parte do jogo, mas novamente a falta de atenção na bola aérea defensiva prejudicou a equipe.

O próximo compromisso do Bahia é contra o Ceará, no sábado (2), na Arena Fonte Nova. A depender das negociações entre clubes, CBF e autoridades sanitárias durante a semana, o Esquadrão pode receber torcida no estádio pela primeira vez desde o início da pandemia de Covid-19.

Primeiro tempo

O Bahia começou o jogo no prejuízo. Logo aos 9 minutos, Rodriguinho teve de ser substituído. Ele sentiu a costela após o choque com o volante do Internacional Rodrigo Dourado.

Três minutos depois, o Inter já teve sua primeira oportunidade. Após tabela com Patrik, o meia-atacante arriscou de fora da área e a bola passou com perigo pela esquerda do gol de Mateus Claus.

O Esquadrão só veio criar sua primeira chance de perigo aos 36 minutos, quando Gilberto pegou a sobra de um desvio de cabeça de Rodallega na direita e, praticamente sem ângulo, chutou forte para a defesa de Daniel.

De forma geral, o Bahia até se comportou bem defensivamente na etapa inicial, mas a desatenção voltou a calhar. Aos 39 minutos, Edenílson cobrou escanteio e Yuri Alberto subiu livre, de cabeça, para abrir o placar.

Rodallega poderia ter empatado aos 43 minutos. Nino cobrou escanteio e o colombiano apareceu livre na pequena área. No entanto, o quique da bola atrapalhou o centroavante que, com o gol vazio, não conseguiu cabecear com efetividade.

No minuto seguinte, Gilberto ainda teve a última oportunidade da primeira etapa. Após cruzamento de Juninho Capixaba, o camisa 9 se infiltrou e chutou com desvio para fora.

Segundo tempo

A etapa final começou com uma boa chance do Internacional. Aos sete minutos, Taison mandou uma bomba de falta e Mateus Claus teve de fazer uma difícil defesa.

A resposta tricolor veio dois minutos depois. Gilberto recebeu bom cruzamento de Nino Paraíba e cabeceou com perigo.

Aos 23 minutos, o camisa 9 voltou a aparecer, dessa vez com a melhor oportunidade do Bahia na partida. Novamente de cabeça, o centroavante colocou no contrapé de Daniel, que voou para fazer uma belíssima defesa.

Contudo, o ímpeto do Esquadrão foi frustrado por nova falha defensiva, aos 28 minutos. Cuesta cruzou na área e Rodrigo Dourado, também sozinho, cabeceou com categoria no canto direito de Mateus Claus para ampliar o placar.

Aos 25, o goleiro do Bahia ainda fez nova defesa para evitar o pior. Yuri Alberto avançou com liberdade pela intermediária e arriscou forte da entrada da área. Claus espalmou para fora. Aos 47, ele voltou a evitar o gol em chute de Gustavo Maia.

Gilberto ainda quase marcou o gol de misericórdia, aos 49, mas não conseguiu.

Informações: Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS