Câmara de Vereadores vai pedir a Justiça Federal o afastamento do prefeito Colbert Martins; Presidente da Casa fez a solicitação durante coletiva nesta sexta (05)

Câmara de Vereadores vai pedir a Justiça Federal o afastamento do prefeito Colbert Martins; Presidente da Casa fez a solicitação durante coletiva nesta sexta (05)

Vereadores de Feira de Santana estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira (5) em uma coletiva de imprensa com o objetivo de falar sobre a operação da Polícia Federa (PF) que aconteceu ontem na cidade e os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde. Durante a coletiva de imprensa, o presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Fernando Torres, informou que a câmara irá pedir a Justiça Federal o afastamento do prefeito Colbert Martins da Silva por 90 dias, para não atrapalhar as investigações.

Segundo ele, o envio de dados da CPI da Saúde para a Polícia Federal, pode fazer com que apareçam mais problemas relacionados a saúde no município. Ele citou ainda sobre a venda do Hospital HTO. “Vários dados que a CPI apurou são verdadeiros. Um deles foi a venda do hospital HTO que também foi indagação nossa. Um hospital que vale 17 milhões, foi vendido por 17 mil reais e por cotas. Eu acredito que quando a CPI da Saúde mandar para a Polícia Federal esses dados vão acontecer mais problemas em Feira de Santana e com o prefeito”, diz.


“A Câmara Municipal iria pedir o afastamento do prefeito por 90 dias para não atrapalhar as investigações da PF, porém pela Lei 201/67 de 1967, a câmara não pode fazer esse afastamento. Mas, o poder judiciário pode e eu vou pedir aos membros da CPI que façam esse pedido. Para que haja o afastamento de Colbert por 90 dias para não atrapalhar as investigações. Isso é muito grave”, declarou.

O vereador Paulão do Caldeirão, presidente da CPI dos Contratos, mais conhecida como CPI da Saúde, também esteve presente na coletiva e comentou sobre as ações da Policia e o que a Câmara vai fazer a partir de agora. 

“Na manhã desta sexta-feira (05), como presidente da CPI dos Contratos participei da Coletiva de Imprensa solicitada pelo presidente da Câmara Municipal Fernando Torres para esclarecer alguns pontos em relação as irregularidades descobertas com a CPI da SAÚDE que auxiliou a Operação No Service que a PF iniciou no dia de ontem (04), com o afastamento dos secretários de saúde e de governo e apreensões de documentos na UPA da Queimadinha e quantias em dinheiro. O que ocorreu ontem foi um dos pontos que podemos observar no relatório que a CPI entregou. Em breve teremos outros desdobramentos, pois são muitos os crimes cometidos. Iremos solicitar a PF o afastamento de 90 dias do prefeito Colbert Filho para que não atrapalhe as investigações. Muitos vereadores foram ameaçados, inclusive eu, mas não nos deixamos abalar e graças a Deus tudo que ainda estiver encoberto virá a tona”, contou.

OUTRAS NOTÍCIAS