Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Botox ou preenchimento? Aprenda para que serve cada procedimento

Botox ou preenchimento? Aprenda para que serve cada procedimento
 

Quando se fala em rejuvenescimento facial, logo se pensa na toxina botulínica . No entanto, o popular “botox” não é o único e nem o mais indicado para todos os casos.  Para esclarecer essas dúvidas, o diretor executivo da rede de clínicas de estética, Botocenter, Rafael Mansilla, a pedido do iG Delas, elaborou um guia sobre os melhores procedimentos para cada finalidade.

Ele explica a seguir quais os melhores procedimentos para retardar os sinais do envelhecimento da pele e amenizando e prevenindo o aparecimento das rugas, para as queixas mais comuns no consultório: testa, pés de galinha e bigode chinês. 

Diferenças básicas entre botox e preenchimento

Botox x Ácido Hialurônico:  Apesar de diferentes, muitas pessoas ainda confundem o efeito da toxina botulínica com o resultado dos preenchimentos com ácido hialurônico. O botox atua bloqueando a liberação da acetilcolina, um neurotransmissor que transmite os sinais elétricos do cérebro para a contração dos músculos, evitando o aprofundamento das marcas de expressão. Já o preenchimento devolve o volume em regiões que, com o passar da idade, o perdem, como os lábios. 

Rugas de preocupação:  A área entre as sobrancelhas é uma das primeiras a demonstrar os sinais de estresse e, por isso, as marcas de expressão que surgem por lá são apelidadas de “rugas de preocupação”. O nome técnico para essa região é um pouco menos conhecido: glabela. Contudo, é ali e também na testa que o procedimento indicado é a aplicação da toxina botulínica que vai deixar os músculos mais relaxados e menos propensos à formação de novas rugas. 

Pés de galinha:  Já as conhecidas rugas na lateral dos olhos são formadas a partir da atividade do músculo no dia a dia, seja para falar, sorrir ou mastigar e esta contração pode ocasionar impactos a longo prazo. Assim, a toxina botulínica também é a mais indicada para essa área e atua relaxando a musculatura de forma a suavizar as rugas e linhas de expressão na região.

Bigode chinês:  O sulco nasogeniano, mais conhecido como bigode chinês, deixam o rosto com um aspecto cansado. Para essa região, a toxina botulínica não é o procedimento mais indicado. Rafael Mansilla explica que, por ser um vinco na pele e não um músculo, o ácido hialurônico oferece melhores resultados. “O bigode chinês é como se fosse uma dobra na pele. Por isso, o preenchimento com ácido hialurônico é o padrão para amenizar essa marca que incomoda muita gente”. 

OUTRAS NOTÍCIAS