Bolsonaro marca presença com sua tradicional motociata em Feira de Santana; Presidente veio a cidade em lançamento da duplicação do Anel de Contorno

Bolsonaro marca presença com sua tradicional motociata em Feira de Santana; Presidente veio a cidade em lançamento da duplicação do Anel de Contorno

Presidente Jair Messias Bolsonaro chegou ao aeroporto de Feira de Santana por volta das 9h da manhã, onde cumprimentou seus apoiadores que estavam acampados em concentração na frente do local. De lá ele partiu em sua tradicional motociata em direção ao local onde iria assinar o documento de autorização para as obras de duplicação do rodoanel, ou como é conhecido, o anel de contorno de Feira.  A motociata percorreu algumas das principais vias da cidade, como a Avenida Getúlio Vargas, que corta o centro, após indo em direção a UEFS passando em frente à Câmara dos Vereadores juntamente com sua comitiva.

Na chegada, aproximadamente as 11h da manhã, o presidente foi recepcionado com outra grande quantidade de apoiadores que estavam presentes no palco principal do evento, onde discursaram diversas figuras chaves do governo, como o pré-candidato ao governo da Bahia, Deputado João Roma, que destacou as obras feitas pelo governo federal na Bahia, no nordeste e principalmente em Feira, colocando ênfase na importância da cidade como um dos maiores entroncamentos rodoviários e comerciais do país e o maior do norte-nordeste.

Outra figura ilustre a discursar, foi o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, esse não muito bem recebido pela população que o vaiou por todo momento que permaneceu no palanque. Quando em fim o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, subiu para dar a palavra, foi ovacionado aos gritos de “Mito”. Bolsonaro fez uso da palavra para destacar as ações do governo federal, e as conquistas, como a redução de impostos estaduais, o lançamento do programa CredAmigo do Banco do Nordeste, e a redução no valor dos combustíveis.

Bolsonaro também fez seu já característico discurso onde propaga seus ideais de direita tradicionalistas, como a proibição do aborto, a manutenção da família tradicional, e o apoio a liberação de armamentos para a população, entre outros. No encerramento o presidente agradeceu a todos os seus apoiadores, e finalizou com o seu bordão, “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos!”.

OUTRAS NOTÍCIAS