Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Bolsonaro está entre os 2% de idosos entre 65 e 69 anos que não se vacinaram contra a Covid

Bolsonaro está entre os 2% de idosos entre 65 e 69 anos que não se vacinaram contra a Covid

O presidente Jair Bolsonaro (PL) faz parte do grupo que representa 2% dos idosos entre 65 e 69 anos, que ainda não se vacinaram contra a Covid-19 no Brasil. Cerca de um ano após o início da imunização, 98% dos brasileiros nessa faixa etária já tomaram as duas doses da vacina.

Do total dos idosos nessa idade já vacinados, 35% já receberam a terceira dose.

O próprio Bolsonaro admitiu publicamente que não está vacinado contra a doença por ter contraído o vírus e supostamente ter anticorpos, apesar da ciência comprovar que uma pessoa pode se contaminar outras vezes.

Não é possível, entretanto, atestar o que diz o presidente, pois que em janeiro do ano passado, antes de iniciar o programa de imunização, o Palácio do Planalto decretou o sigilo de 100 anos ao cartão de vacinação do chefe do Executivo.

Em abril, Bolsonaro afirmou que iria se vacinar após o último brasileiro receber a vacina. Mas em dezembro, voltou a dizer que não vai se imunizar e fez queixas da cobrança em uma live. As informações são do Poder360.

“Eu vejo –acompanho mídias sociais e o pessoal mostra para mim– muita gente de esquerda, em especial, querendo a minha morte. Se quer a minha morte, por que fica querendo exigir que eu tome a vacina? Deixa eu morrer, problema é meu, tá?”, disse o presidente.

Na última sexta-feira, 14, o país deu início à uma nova fase, a da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos, com o ato simbólico que vacinou um menino indígena de 8 anos.

Bolsonaro já avisou que a sua filha, de 11 anos, não será vacinada contra a Covid.

Em viagem a Nova York, nos Estados Unidos, no ano passado, uma imagem do presidente viralizou. A foto mostrava ele comendo na rua, por não conseguir entrar nos restaurantes da cidade, que cobravam o comprovante de vacinação.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS