Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Bolsonaro e Paulo Guedes cogitam troca do comando do Banco do Brasil

Bolsonaro e Paulo Guedes cogitam troca do comando do Banco do Brasil

O presidente Bolsonaro não está satisfeito com os “efeitos políticos” da gestão de André Brandão, presidente do Banco do Brasil, à frente do comando do banco.

Segundo o blog apurou, Bolsonaro tem discutido o tema com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que tece elogios a Brandão, uma escolha que teve a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

No entanto, Bolsonaro está irritado com o anúncio de fechamento de agências do Banco do Brasil, que faz parte de um projeto de planejamento de reestruturação do banco, mas o presidente teme o desgaste político da medida em véspera de ano eleitoral. Por isso, nos bastidores do governo, há uma pressão para a troca de Brandão.

Guedes gosta de Brandão e faz elogios ao perfil do presidente do banco. Entre assessores do governo, a avaliação é a de que ele tem boa repercussão no mercado, mas não levou em conta o que chamam de “dimensão política” de medidas envolvendo o Banco do Brasil.

A equipe econômica tenta reverter a irritação do presidente, para manter Brandão no cargo. Mas admite que, desde a sua indicação, o presidente não se empolgou- mas aceitou em respeito a Guedes e Campos Neto.

Informação – G1

OUTRAS NOTÍCIAS