Bolsonaro diz que se não houver volta do emprego tomará decisão “em uma canetada”

Bolsonaro diz que se não houver volta do emprego tomará decisão “em uma canetada”

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quinta-feira (2), que caso o emprego não volte na próxima semana, ele irá tomar uma decisão e “em uma canetada” autorizará o retorno às atividades dos comerciantes.

“Eu tenho um projeto de decreto pronto para ser assinado, se for preciso, que considera como atividade essencial toda aquela indispensável para levar o pão para casa todo dia. Enquanto o Supremo ou o Legislativo não suspender os efeitos do meu decreto, o comércio vai ser aberto. É assim que funciona”, afirmou o presidente, em entrevista à rádio Jovem Pan.

Segundo ele, os comerciantes levaram uma “paulada no meio da testa” com as medidas de isolamento determinadas por alguns governadores. O presidente disse ainda que as políticas de quarentena podem levar ao aumento do número de mortes, por conta da subnutrição.

 “Quando você isola e leva ao desemprego, junto do desemprego vem a subnutrição, o organismo fica mais debilitado. Essa pessoa vai ficar mais propensa a contrair um vírus, que terá uma letalidade até maior” pontuou.

OUTRAS NOTÍCIAS