Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Bolsonaro diz que é um ‘zero à esquerda’ para combater inflação

Bolsonaro diz que é um ‘zero à esquerda’ para combater inflação
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 28, que se considera um “zero à esquerda” em economia e para combater a inflação, mas disse que deposita toda a sua confiança no presidente do Banco Central, Roberto Campos.
Além da inflação, Bolsonaro também comentou sobre a fome que assola o país e afirmou que, durante os mil dias de governo, a principal mudança que enfrentou foi a de mudar a sua postura estatizante, que o acompanha desde sua chegada ao Congresso Nacional, na década de 1990.
“Por isso, o Banco Central independente. Converso uma vez por semana com o Roberto Campos. Em economia, sou zero à esquerda. Se o remédio para combater é só aumentar a taxa de juros qualquer um pode ocupar o Banco Central. Ele sabe o que fazer. Tenho confiança nele”, afirmou o chefe do Executivo.
Durante evento de lançamento da nova linha de crédito da Caixa Econômica Federal na segunda-feira, quando o presidente falava sobre inflação, Bolsonaro afirmou que “nada é tão ruim que não possa piorar”.
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de setembro chegou aos 10% nos últimos 12 meses. Esse indicador mede as variações de preços entre os dias 15 de cada mês e, por isso, serve como uma prévia do IPCA, usado nas metas de inflação do governo.
Informações; O Dia

OUTRAS NOTÍCIAS