Bolsonaro deu entrevista a programa de televisão e diz motivo do ódio de artistas contra ele

bolsonaro_quebra_silencio_e_revela_motivo_de_ser_odiado_por_artistas_foto_alan_santos_pr_widelg

Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PL) revelou o motivo para ser odiado pela classe artística brasileira durante entrevista que vai ao ar nesta terça-feira (31), no SBT. Colunista do site Metrópoles, Leo Dias teve acesso ao material com antecedência e divulgou trechos da conversa do presidente com Ratinho.

Na entrevista, Bolsonaro voltou a fazer críticas à Lei Rouanet e afirmou que fará novas alterações no projeto em caso de reeleição em outubro.

A ideia de Bolsonaro é transformar a Lei Rouanet num projeto que valorize artistas menores e voltar o projeto para ciência e tecnologia.

Segundo Bolsonaro, essas mudanças na Lei são o motivo pelo qual ele é odiado por parte da classe artística no país. 

“Quando eu assumi, alguns artistas podiam pegar até R$ 10 milhões por ano da Lei Rouanet e ninguém prestava conta de nada. Mas nós, quando assumimos, mudamos para R$ 1 milhão e eu achei caro ainda. Daí chegou o Mário Frias (Ministro da Cultura) e baixou pra R$ 500 mil, além de ter colocado critérios”, disse Bolsonaro.

Segundo Bolsonaro, ele priorizou artistas que têm por características ser “sertanejo e que é mais humilde. Isso, obviamente, fez com que artistas conhecidos ficassem revoltados comigo”, completou Jair Bolsonaro.

OUTRAS NOTÍCIAS