Bolsonarista é preso suspeito de armar uma bomba próximo ao Aeroporto de Brasília

3014c2ad-bf3a-4fe7-93ff-2684d8d2d46f

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, neste sábado (24), um homem suspeito de armar uma bomba próximo ao Aeroporto de Brasília. O caso ocorreu na manhã de sábado, e o homem foi detido horas depois, pela 10ª DP (Lago Sul).

A ocorrência está sendo investigada pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). O homem confessou que estava planejando um atentado para o dia da posse do presidente eleito Lula (PT). Com ele foram apreendidos seis explosivos.

O suspeito é morador do Pará e apoiador radical do presidente Jair Bolsonaro (PL). Em um endereço no Sudoeste, bairro nobre do DF, outros explosivos foram encontrados.

“Os autores responderão por posse e porte de arma de fogo e explosivos. Também responderão pelo crime contra o Estado Democrático de Direito”, informou o delegado-geral da PCDF, Robson Cândido.

O artefato estava em um caminhão-tanque e mobilizou equipes da Polícia Militar do DF (PMDF) e do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), que atuaram com o apoio da Polícia Federal (PF) e da Polícia Civil (PCDF).

A perícia da Polícia Civil identificou que houve tentativa de explodir o artefato, mas sem sucesso. A ideia seria fazer um primeiro atentado antes de um novo ataque no dia da posse. De acordo com o delegado-geral da PCDF, Robson Cândido, se ativado, o equipamento teria provocado uma tragédia.

Fonte: Metro1

OUTRAS NOTÍCIAS