Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Bolsa de valores atinge recorde; dólar cai, mas se mantém cotado próximo de R$ 5,40

Bolsa de valores atinge recorde; dólar cai, mas se mantém cotado próximo de R$ 5,40

A Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, começou o dia em alta e, em poucos minutos, estabeleceu novo recorde intraday (durante as negociações do dia). Por volta de 10h10 desta sexta-feira, 8, o Ibovespa, principal índice do mercado de ações do País, atingiu a casa dos 123 mil pontos.

A marca inédita foi renovada às 10h17, quando chegou a 123.672,08 pontos. Os valores representam um ganho de cerca de 1% em relação ao fechamento de quinta-feira, 7. No último pregão, a Bolsa já havia fechado com o maior valor já atingido, na casa dos 122 mil pontos.

A expectativa com início de imunização contra a covid-19 no Brasil também estimula o apetite a risco. “O governo federal está fechando a compra da vacina da Coronavac e isso tende a diminuir um pouco a politização no País. Além do mais, a confirmação da vitória de Biden e de a onda azul ter controle do Senado, fez o mercado ficar ainda mais esperançoso com a perspectiva de estímulos mais robustos que ajudem a impulsionar a economia”, descreve João Vitor Freitas, da Toro Investimentos.

Já o dólar, que iniciou as negociações desta sexta-feira, 8, em queda, se manteve neste ritmo e, por volta das 10h20, era cotado a R$ 5,36.

A moeda dos Estados Unidos acumula valorização superior a 30% nos últimos 12 meses. O patamar atual, porém, está longe de ser o mais alto em termos nominais, quando não se desconta a inflação. O recorde foi atingido em 14 de maio do ano passado: R$ 5,9718.

Nas casas de câmbio, o dólar turismo é negociado perto de R$ 5,60.

Informação – Estadão

OUTRAS NOTÍCIAS