Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Bilionário japonês decola para a Estação Espacial Internacional e planeja doar dinheiro do espaço

Bilionário japonês decola para a Estação Espacial Internacional e planeja doar dinheiro do espaço

A espaçonave russa Soyuz, transportando um bilionário japonês, decolou nesta quarta-feira (8) do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, em direção à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). A jornada marca o retorno da Rússia ao turismo espacial.

Yusaku Maezawa, de 46 anos, que fez uma enorme fortuna com o comércio da moda online, seu assistente Yozo Hirano e o cosmonauta russo Alexander Misurkin decolaram às 7h38 no horário local (4h38 em Brasília), conforme programado, informam as agências de notícias.

O magnata da moda, que já doou milhões de dólares pelo twitter, disse que planeja fazer doações também do espaço. Ele não especificou quanto dinheiro e nem como.

Os dois turistas espaciais passarão 12 dias no segmento russo da estação. Durante esse tempo, o bilionário realizará tarefas de uma lista de 100 desafios que ele criou na internet, como cortar cabelo em condições de gravidade zero, jogar tênis de mesa e procurar por sinais de vida alienígena.

Horas antes do lançamento na quarta-feira, Maezawa escreveu no twitter: “sonho realizado”.

Yusaku Maezawa também fará viagem espacial ao redor da lua com a SpaceX, de Elon Musk em 2023.

O bilionário japonês Yusaku Maezawa acena antes de embarcar na espaçonave Soyuz MS-20 antes do lançamento em Baikonur, no Cazaquistão, em 8 de dezembro — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

O bilionário japonês Yusaku Maezawa acena antes de embarcar na espaçonave Soyuz MS-20 antes do lançamento em Baikonur, no Cazaquistão, em 8 de dezembro — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

A nave espacial Soyuz MS-20 decola de Baikonur, no Cazaquistão, com o cosmonauta Alexander Misurkin, o bilionário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente, Yozo Hirano, no dia 8 de dezembro  — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

A nave espacial Soyuz MS-20 decola de Baikonur, no Cazaquistão, com o cosmonauta Alexander Misurkin, o bilionário japonês Yusaku Maezawa e seu assistente, Yozo Hirano, no dia 8 de dezembro — Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS