Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Bahia bateu o Doce Mel fora de casa e conquista primeiro triunfo no Baianão

Bahia bateu o Doce Mel fora de casa e conquista primeiro triunfo no Baianão

 

A atuação do time de transição do Bahia diante do Doce Mel, deixou o técnico Cláudio Prates satisfeito. Na noite desta quarta-feira (24), o tricolor fez 2×0 na equipe de Ipiaú e conquistou a primeira vitória no Campeonato Baiano. O jogo foi no Joia Princesa, em Feira de Santana, mando de campo provisório do adversário.

Na análise de Claudinho, diferentemente do jogo contra a Juazeirense, quando perdeu de virada por 2×1, os jogadores dessa vez estavam mais confiantes e desempenharam um bom futebol.

“A gente sabia que ia sofrer um pouco com a ansiedade, é um grupo jovem. Conversamos isso durante os dias, na preleção sempre focamos na confiança em relação ao grupo, e eles responderam. Estamos no período de evolução, mas muito feliz porque eles responderam de um jogo para o outro no principal quesito que nós queríamos, que é a atitude, respeitando o que nós treinamos. Eles estão de parabéns”, disse o treinador.

“Conseguimos controlar bem, sofremos muito pouco, acho que tivemos uma finalização no gol no primeiro tempo do adversário, e é uma equipe qualificada. Evolução teve, mas o que mais agradou foi a confiança dos atletas”, continuou ele.

Ainda de acordo com Prates, apesar da bia atuação a equipe ainda está em estágio inicial e precisa evoluir em alguns aspectos. O treinador lembrou que o ritmo do início de temporada tem sido pesado, com pouco tempo para corrigir os erros.

No domingo (28), o time de transição vai encarar o Salgueiro, às 18h, no estádio Cornélio de Barros, pela estreia do tricolor na Copa do Nordeste. 

“Estágio inicial ainda. Falei para eles continuarem com os pés no chão, trabalhando. Infelizmente não vamos ter muito tempo, a sequência inicial do transição é muito pesada, temos duas semanas de jogos quarta e domingo. Vamos ter que evoluir muito dentro dos jogos, mas é um período inicial ainda e a gente fica confortável porque eles já adquiriram confiança e entenderam a ideia de jogo”, finalizou o comandante tricolor.

Informações: Correio 24 Horas

OUTRAS NOTÍCIAS