Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

BA registra mais de 7 mil mortes violentas em 2016; estado lidera ranking nacional

BA registra mais de 7 mil mortes violentas em 2016; estado lidera ranking nacional

crimes_em_feira

O 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgou nesta segunda-feira (30), pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, dados que registram a Bahia com maior número de mortes violentas intencionais no país, em números absolutos. Segundo o Anuário, de janeiro a dezembro do ano passado, foram contabilizadas 7.110 mortes, uma média de 19,47 por dia.

Ainda de acordo com os dados, as MVS, mais conhecidas como “Mortes Violentas Intencionais”, correspondem à soma das vítimas de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de mortes e decorrentes de intervenções policiais, em serviço e fora de serviço.

De 2015 para 2016, conforme o levantamento, a variação da taxa de mortes violentas na Bahia aumentou 12,8%. Dentro desse percentual, a Bahia contabilizou, no ano de 2016, 114 lesões corporais seguidas de mortes, além disso, também foram contabilizados no estado, 6,328 homicídios dolosos, aqueles que há intenção de matar.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que é impossível, no Brasil, com estados contando as mortes violentas de uma maneira própria, estabelecer rankings. Disse que o próprio Fórum Brasileiro de Segurança Pública, responsável pelo Anuário, reconhece o problema e ressalta que não é indicado a classificação das federações.

A SSP-BA informou que reforça o empenho dos policiais no combate aos crimes contra a vida, sendo feito principalmente com maior foco na atuação dos traficantes, haja vista que, conforme o órgão, 80% das mortes tem ligação com essa prática criminosa (rivalidades e usuários que não pagam pelo consumo).

Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, aparecem os estados do Rio de Janeiro (que em 2016 somou 6.262 mortes) e São Paulo (4.925).

Foto | TV Bahia

 

OUTRAS NOTÍCIAS