Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Ator da Marvel diz que pediu à produção de ‘Vingadores’ para matar personagem dele

Ator da Marvel diz que pediu à produção de ‘Vingadores’ para matar personagem dele

Jeremy Renner, 50, revelou que quis desistir de interpretar o Gavião Arqueiro, membro dos “Vingadores” e ex-agente especial do S.H.I.E.L.D., da Marvel. “Eu nunca disse isso a ninguém, mas nos primeiros “Vingadores”, eu estava apenas começando a saber quem era o Gavião, e então zap, eu ando como um zumbi, eu sou como o lacaio de Loki”, relembrou o ator, dizendo que chegou a pedir que o personagem morresse.

“Eu acabaria de ter um ataque cardíaco em cada cena. Eu estaria andando com Scarlett Johansson, e tipo ‘ugh’ … Estou te dando uma opção, se você só quiser me expulsar deste filme,” contou o ator à revista
Radio Times. “Só você sabe, a qualquer momento, se quiser me matar, papai terá um ataque cardíaco”, disse.

A frustração do ator, que vinha de filmes como “Guerra ao Terror” e “Atração Perigosa” era viver um personagem que ele define como “unidimensional” e, portanto, limitado. “No final do dia, 90% do filme, não sou o personagem que fui contratado para interpretar”, disse ele ao Hero Complex, ao se referir ao longa no qual o Gavião Arqueiro é hipnotizado por Loki.

“Estou literalmente lá por dois minutos e de repente … Então, não há muita história de fundo ou compreensão que possamos realmente dizer sobre quem é Clint Barton, ou Gavião Arqueiro, e ele está trabalhando para a S.H.I.E.L.D. ou não? Há muitas perguntas sem resposta, mesmo para mim. E eu estava bem com isso. Pelo menos eu ainda estava no filme. E eu estava feliz por isso ”, disse ao Hero Complex à época do lançamento do primeiro longa da série.

“Eu prefiro [tocar] o bem, porque se formos para a parte do mal, ou hipnotizados ou como você quiser chamar, é uma espécie de vaga. Nem mesmo um cara mau, porque não há realmente uma consciência para ele. A parte interessante foi ser culpado pelas coisas ruins que fiz quando estava hipnotizado. Acho que ele já é um personagem interessante o suficiente, para realmente tirar quem é esse personagem e apenas tê-lo como esse tipo de robô, essencialmente, e tê-lo como um servo do mal que Loki usa”, completou.

Informações: Folhapress

OUTRAS NOTÍCIAS